02/12/2021 às 16h25min - Atualizada em 02/12/2021 às 16h25min

A Fazenda Irarema

Junho 2019

Ralf Matavelli - Arquiteto e Urbanista
ralfmatavelli@hotmail.com
Fábrica de azeites Irarema. Ao fundo, container do sabão
,
   As fazendas centenárias do Vale da Grama, no município de São Sebastião da Grama/SP, foram protagonistas na formação e desenvolvimento da cidade de Poços de Caldas, pela sua localização próxima à divisa entre os dois estados e comércio de seus produtos, principalmente madeira, café, e leite.
   O conjunto arquitetônico dessas fazendas, pequenas comunidades autossuficientes compostas pela casa sede, colônias e barracões, constituem hoje em dia um legado histórico importante e ainda pouco explorado em termos de patrimônio e turismo. Sendo sua implantação posterior à abolição da escravatura, receberam grandes levas de imigrantes que vieram para o Brasil no final do séc. XIX até o pós-guerra. Nessa região destacaram-se os italianos, que deixaram marcas culturais profundas na arquitetura, agricultura, e na população em geral. Apesar de fatores complicados de relevo e mecanização, essas fazendas continuam em atividade, sendo responsáveis pela produção de cafés gourmet na região.
 
   A Fazenda Irarema, tirando partido de uma localização privilegiada, fertilidade do solo e relevo menos acidentado, investiu no trabalho de implantação de variedades adaptadas de oliveiras e, consequentemente, produção de azeite de grande excelência. Essa fábrica de azeite, localizada a uma distância da sede que resguarda o patrimônio, permite a visualização dos campos de oliveiras e possibilita um maior entendimento de todo o processo de produção do Azeite Irarema pelo visitante leigo.
   A implantação da fábrica setoriza as etapas de produção, com maquinário italiano de extração de azeite de última geração, para recepção da colheita, limpeza, moagem e extração do azeite, e se abre para a área de recepção de visitantes, loja de produtos locais relacionados e cafeteria. A construção, que utiliza grandes painéis de vidro, permite acompanhar todas as etapas da produção sem perder o contato com a exuberante paisagem local.
 
   A loja e cafeteria, decorados com amplo uso de madeira, recebem o visitante com muita cordialidade e oferecem seus produtos: azeites, queijos, doces, mel, cerâmicas e artesanatos, destacando-se os itens de confeitaria. Há também a produção de sabonetes à base de azeite e produtos naturais em uma construção contemporânea ao lado, que utiliza containers e se divide em fábrica e loja dos produtos.   
   A arquitetura de ambas as fábricas se utiliza de materiais contemporâneos para que haja diferenciação entre as construções novas e as centenárias existentes.
 
   A fazenda organiza visitas guiadas pelos olivais, provas de azeite e minuciosa explicação do processo de produção. Foi premiada em 2018 com o World's Best Olive Oil for 2018, categoria Delicate Blend, e os proprietários colhem os frutos de sua dedicação a essa produção, confirmada por mais uma premiação, com Medalha de Ouro em 2019.
   Comprometida com um programa de sustentabilidade, a fazenda ainda utiliza todos os rejeitos da fábrica e recicla a totalidade de seu lixo, além da produção de energia fotovoltaica.
 
 

*O Brand-News não se responsabiliza por artigos assinados por nossos colaboradores.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp