21/03/2023 às 15h59min - Atualizada em 21/03/2023 às 15h59min

O calendário não deixa dúvida: o bom mesmo é viajar!

Crônicas de viagem publicadas no livro “Lurdinha Camillo - Pelo Mundo” e/ou no Jornal Brand News
FOTOS: Jornal Brand News
Lurdinha Camillo durante viagem a Buenos Aires, Argentina
c 
  Oi gente! Acabo de chegar à conclusão que nosso país é único, adora uma festa e já é conhecido pelas toneladas de pizza que os brasileiros engolem a cada ano, financiadas pelos mensalões e mensalinhos.
 Janeiro. Tem outro assunto que não seja férias? Quem pode, viaja, quem não pode, acha que está de férias e trabalhar, aiaiai, é uma obrigação. Chata. Chatérrima. Trabalhar com esse solzão, e os botecos escorrendo chope pelas calçadas?!
  Fevereiro. O carnaval é no começo ou no final do mês? Então nada se leva a sério. Negócios, inaugurações, compromissos? Ficam para depois do carnaval, claro.
  Março. Que canseira voltar à rotina, pagar contas atrasadas ainda do final de ano.
  Abril. Já está na hora de conferir uma agência para uma viagem. Afinal, acabou a temporada, as tarifas aéreas e hoteleiras baixaram, os filhos quietinhos nas escolas, só o burburinho da cidade não basta. Tem o Festival de Gastronomia de Tiradentes (foto). Vamos?
  Maio começa com feriado. E ainda sobra um final de semana para levar a mãe para Buenos Aires, de presente. Cada mãe tem sua cota nos espaços aéreos - na classe econômica, claro, mas chegam inteiras, prontas para dançar La Cumparsita entre uma boa roda de amigas.
  Junho. Campina Grande, o maior forró da Paraíba. Uma semana de forró. Prato cheio para quem gosta do ritmo nordestino. Também coisa de não deixar passar, o Festival de Parintins, evento folclórico em plena selva amazônica. Imperdível. Eu vou de Garantido.
  Julho. Bye, bye... férias. Mar, montanhas, que tal uma esticada à Europa? Problemas com os euros? Campos do Jordão fica assim, ó, de gente bonita e descolada.
  Agosto. Vou conferir a agenda, que devo estar perdendo alguma coisa.
  Setembro e outubro. Oktoberfest. A Santa e bela Catarina ferve. Os cervejeiros de plantão custam a achar o caminho de volta.
  Novembro e dezembro. Férias, Natal, Réveillon. Festas em casa, nas casas de amigos, sei lá onde. Dezembro passou! Olha janeiro aí!
 
Fevereiro 2010

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »