22/11/2022 às 16h32min - Atualizada em 22/11/2022 às 16h32min

A Copa do Mundo no Qatar me aguarda!

Parte 1

Por Marcelo Vasconcellos Camillo
n
Hoje, dia 22 de novembro, inicio a contagem regressiva para o embarque no Aeroporto Internacional de Guarulhos, rumo à Copa do Mundo Fifa 2022. O voo de sábado, 26, foi antecipado em algumas horas pela Qatar Airways, consequentemente a chegada à capital está prevista para às 2h20 de domingo (27).
A Fifa liberou os ingressos no aplicativo, pois conforme informado no e-mail eles não serão impressos, será necessário apenas mostrá-los no celular. Nós, brasileiros, ficamos “apenas” em nono lugar do “top 10” dos compradores dos bilhetes do mundo todo, ou seja, tem gente muito mais louca do que eu!
 
Com camisas novas da nossa Seleção Brasileira, toda a documentação impressa (não consigo não imprimir!), celular, carregador e com as malas prontas, pontualmente sairemos de Poços em direção a Guarulhos - comigo irão Gustavo e Rodrigo.
 
Nesta primeira crônica de uma série, vou contar um pouco sobre nosso destino futebolístico, lembrando que a Qatar Airways foi eleita a melhor companhia aérea do mundo pela sétima vez no ranking World Airline Awards 2022, um recorde para o setor. Uma ótima notícia!
 
Ah, o Aeroporto Internacional Hamad - Doha, premiado como o melhor aeroporto do mundo, já é um ponto turístico, e acaba de inaugurar um jardim tropical chamado Orchard. Mais de 300 árvores e cerca de 25 mil plantas provenientes de florestas sustentáveis de todo o mundo, com luz natural, criam um ambiente calmo e promovem a sensação de bem-estar para os que se aventuram em seu interior. Outra novidade foi o lançamento da nota comemorativa de 22 riyal catare, e também moedas. 
 
QATAR- Doha, a capital do Qatar, é uma das cidades mais importantes do Oriente Médio. A cidade desponta como um dos destinos mais interessantes a serem descobertos. Localizada no Golfo Pérsico, próxima a Dubai e Abu Dhabi, faz fronteira apenas com a Arábia Saudita, apesar de estar “fechada”, desde 2017, já que romperam relações com o Qatar, coisa de bilionário disputando quem tem mais.
É um pequeno país com pouco mais de 11 mil km2, praticamente a metade do nosso menor estado do Brasil, Sergipe, com seus 22 mil km2 - lógico, sem contar o Distrito Federal. Sua população é de dois milhões e meio de habitantes e a religião predominante é o Islamismo.
O clima não poderia de deixar de ser o desértico. É o país mais rico do mundo em relação ao PIB per capita, embora não seja o mais caro do mundo para se conhecer. A moeda local é o Riyal Qatare ou Rial Catarense, onde QAR 100,00 é igual a R$ 145,00 ou US$ 27,40. E este cambio entre o dólar, é fixo.
O Qatar está plantado em cima de reservas de petróleo e da terceira maior reserva de gás natural do mundo. Antes da descoberta do petróleo, com a ajuda dos britânicos, a principal economia do país era a extração de pérolas. Por todos os cantos de Doha veremos traços fortes dessa herança. Seja em seus museus, nos barquinhos que faziam a colheita e hoje são usados para passeios, ou no The Pearl, praticamente uma mini cidade inspirada em um colar de pérolas.
 
A COPA FIFA - O Qatar recebeu o direito de sediar a Copa do Mundo em 2 de dezembro de 2010 e, logo depois, em 2011, o Estado do Catar estabeleceu o Comitê Supremo para Entrega e Legado (SC) para fornecer a infraestrutura, planejamento e operações necessários para o país sediar a histórica competição, acelerando o progresso em direção às metas nacionais de desenvolvimento e criando um legado duradouro para o Catar, Oriente Médio, Ásia e o mundo.
 
Os torcedores irão para os jogos de metrô, carro, trem, bicicleta ou até de táxi aquático, usando sistemas de transporte avançados (ônibus elétricos) que ajudarão a tornar esta Copa do Mundo da FIFA mais verde de todos os tempos. 
 
A Copa do Mundo FIFA Qatar 2022 será um torneio como nenhum outro. Será a primeira vez que o maior torneio de futebol do mundo será realizado no Oriente Médio e a primeira Copa do Mundo da FIFA na qual os estádios estão tão intimamente ligados a ponto de os torcedores poderem assistir facilmente a duas partidas em um único dia, já que nenhum deles estará a mais de uma hora de viagem de qualquer outro. Isso significa que os torcedores poderão ver um jogo no Estádio Al Janoub, ao sul de Doha, à tarde, e aproveitar a atmosfera no Estádio Al Bayt -Al Khor City, no norte do Catar, na mesma noite.
 
E não foi à toa que eles escolheram as datas para os jogos, coincidindo a grande final no dia 18 de dezembro, no Estádio Lusail, com o Dia Nacional do Qatar. Esta data é considerada o ponto da virada na história do país, quando começou sua jornada rumo à modernidade. É o dia que o povo local comemora o orgulho de ser Qatari. Como se fosse nosso 7 de Setembro ou 4 de Julho dos EUA.
 
O QUE VER E FAZER - Já há alguns meses venho seguindo no Instagram, diversas contas relacionadas à Copa do Mundo. Além da https://www.instagram.com/fifaworldcup/#, indico também:
https://www.instagram.com/qatarday/#
https://www.instagram.com/souqwaqif_qa/#
https://www.instagram.com/tour_guide_qatar/#
https://www.instagram.com/explore_qatar22/#
https://www.instagram.com/life_in_qatar/#
https://www.instagram.com/roadto2022/#
https://www.instagram.com/qatarmagic/#
https://www.instagram.com/hey_qatar/#
https://www.instagram.com/thepearlqatar/#
https://www.instagram.com/hayyacard/#
https://www.instagram.com/qt2030/#
https://www.instagram.com/thepearlqatar/#
 
Para quem gosta de Instagram, vale a pena seguir alguns destes endereços. Com isso fica fácil planejar o que ver e fazer durante apenas uma semana. (O melhor, acredito, é ter a expectativa do que vamos encontrar “ao vivo e à cores”).
Por toda a cidade já é possível ver que as grandes avenidas e seus belos edifícios já se encontram todo decorados com fotos da Copa do Mundo.
https://www.instagram.com/reel/CkEA1FCDYV2/?igshid=MDJmNzVkMjY=
 
Ainda não sei como vou conseguir tempo na agenda para visitar todos os lugares que tenho em mente - espero que consiga, já que os 9 jogos que vamos assistir serão a partir das 18h (e somente um às 13h). Ou seja, teremos quase todo o dia livre para os passeios. O jeito será sair bem cedo para aproveitar o máximo nossa estadia.
 
Na crônica de amanhã, falarei sobre o hotel onde vamos nos hospedar. Uma dica: fica no melhor local da cidade, bem no centro histórico, no Souq Waqif, o grande coração cultural e social do Qatar.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.