12/03/2021 às 14h11min - Atualizada em 12/03/2021 às 14h11min

Chapada Diamantina em família: viagem dos sonhos!

Por Rodinei Carvalho - Agrônomo
Claudete Zaneti e Rodinei Carvalho viajaram com os filhos Leonardo e Bárbara para a Chapada Diamantina - viagem que estava programada para final de março de 2020 e teve que ser adiada por conta da pandemia.
Aqui ele conta um pouco como foi essa aventura, naturalmente cercada de muitos cuidados e obedecendo todos os protocolos de segurança

Nossa viagem para a Chapada Diamantina estava programada, com as pousadas reservadas e até malas prontas, para fim de março do ano passado. Aí veio a pandemia da Covid-19 e os parques nacionais foram todos fechados e tivemos que adiar tudo. Foi estarrecedor, pois estávamos muito animados e fazendo planos já há bastante tempo para esta viagem em família.
Porém, um ano depois conseguimos realizar - e graças a Deus, foi uma viagem dos sonhos.
 
A Chapada Diamantina fica no interior da Bahia, a 1.600 km de Poços de Caldas e 500 de Salvador. Uma região ímpar em questão de natureza, clima e cultura. No passado, foi muito importante no garimpo de diamantes e exploração das flores sempre-vivas. Hoje, além do turismo, tem uma agricultura forte e diversificada, com plantio de batata, café, morango e agora vinho e azeite de oliva.
 
Fomos primeiro para a cidade de Mucugê, conhecida internacionalmente pelo seu cemitério bizantino. Lá visitamos o Museu do Garimpo e o Projeto Sempre Viva. Fomos às cachoeiras do Tiburtino, do Herculano e do Buracão - esta, na cidade de Ibicoara. Tivemos a oportunidade também de conhecer o maravilhoso Poço Encantado, que fica em Itaete e deixa todos de queixo caído com suas águas cristalinas e de tom azul.
 
Nosso próximo destino foi Lençóis, cidade mais famosa e com estrutura turística maior e melhor, com boas pousadas e muitos restaurantes. 
Logo na chegada subimos ao topo do famoso Morro do Pai Inácio. Nos outros dias fizemos trilhas e visitamos várias cachoeiras próximas, como a do Diabo, Ribeirão do Meio e a do Sossego, entre outras. Fomos também no Salão das Areias Coloridas.
 
Adoramos tudo e ficamos com a sensação de ter que retornar, pois pela sua grandiosidade, é impossível conhecer toda região numa só viagem.


 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp