15/03/2022 às 17h02min - Atualizada em 15/03/2022 às 17h02min

Punta Cana, refúgio caribenho em grande estilo

Crônicas de viagem do livro "Lurdinha Camillo - Pelo Mundo"
FOTOS: Brand-News
c 
  Fala sério. Viajar para qualquer lugar, com escala no Aeroporto do Panamá, em voo diurno, é uma canseira. Até para viajantes incansáveis como eu e Odair. Mas a diferença do custo da tarifa é tentadora. Então, preparo um arsenal de palavras cruzadas, um bom livro, e revistas das últimas fofocas da TV.
  E nesse entra-e-sai de aeroporto, chegamos a Punta Cana, um dos complexos hoteleiros mais buscados pelos turistas do mundo todo. Meu Deus, como aquilo é bonito! Queria morar naquele chalé, em frente àquela praia, perto daquelas palmeiras, entrar, até os joelhos, é claro, todos os dias naquele mar de águas tão azuis, ou seriam verdes, ou um incrível azul-turquesa?
 
  Paradisos Punta Cana Resort. Refúgio caribenho em meio a centenas de palmeiras em quilômetros de extensão. A grande e estilosa recepção, com decoração exótica, bem ao estilo espanhol, revela aos hóspedes, luxo e conforto na medida. Alinhados restaurantes, todos com reserva antecipada, e a graciosa alameda das lojas, com marcas e grifes famosas entre a artesania dominicana.
  As alamedas bem cuidadas levam para o elegante YHA SPA, onde passar umas horas é tudo de bom.
  A grande piscina de águas mornas, uma tentação. O bar submerso, concorridíssimo. Eu lá: “Uma marguerite, por favor... Mais uma... Acho que quero mais uma...”.
  Mar, ou piscina, piscina ou mar, com areias branquinhas, guarda-sóis imensos, comidinhas e bebidinhas preparadas em rústicos ombrelones.
  Atração especial de maio e junho: casamentos na praia. Tudo em grande estilo. Noivas de branco, véus cascata, champagne correndo solto. O ritmo de salsa toma conta. Dançar na areia? Uma delícia! Os solteiros casam. Os casados ficam com vontade de voltar no tempo e fazer aquela produção toda. Dá uma inveja danada!
  Se os dias eram para longas caminhadas, descobrir novos cenários, admirar os chalés em estilo mediterrâneo, as noite mornas e perfumadas eram para esnobar uma seda pura, uma calça de linho, um salto 15.
  Um convite especial para o restaurante Fuego, e fomos recebidos com pompa e circunstância pelo staff da casa. O festival de pratos mediterrâneos, com harmonização de vinhos, deu sofisticação à noite.
 
Junho 2012
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp