10/06/2021 às 15h32min - Atualizada em 10/06/2021 às 15h32min

Covid-19 - Conheça a ocupação de cada hospital em Poços de Caldas

Marcos Cripa - Jornalista
mcripa@uol.com.br - FOTO: Reprodução Google
,
A “Bronca do Cripa” teve acesso a um levantamento feito na manhã desta quinta-feira, 10, por profissionais de saúde de uma das unidades hospitalares da cidade e que comprova o colapso do sistema em relação à covid-19.  O levantamento aponta que muitos desses pacientes, que normalmente estariam em UTI, encontram-se em Pronto Atendimento (PA) e outros locais improvisados. Conclui-se, portanto, que é praticamente nula a possibilidade de ingresso no sistema de saúde ou transferência de pacientes.
O relatório chama atenção para o risco de ocorrer novamente desabastecimento de suprimentos, inclusive antibióticos e o kit intubação, e alerta para a dificuldade de se conseguir contratar profissionais habilitados para o atendimento de paciente crítico, o que aumenta consideravelmente o risco de mortalidade desses pacientes.
 
Na coluna da segunda-feira, (9), “A Bronca do Cripa” apontou a falta de decisão no trato da covid-19 por parte do prefeito Sérgio Azevedo e do secretário de saúde Carlos Mosconi. Trecho da coluna de ontem diz o seguinte: “Focado apenas no número de leitos e de mortos, esquece o mandatário poços-caldense que só se conseguirá desocupar leitos e atenuar o número de mortos quando diminuir o contingente de infectados. Para isso, no entanto, é preciso coragem para enfrentar empresários e comerciantes, coisa que o prefeito e sua equipe não têm feito por medo ou insensibilidade”.
 
Informações de hoje dão conta de que a prefeitura pretende implantar medidas restritivas somente após o próximo sábado, 12, dia dos namorados, para não prejudicar o comércio. A realidade explicitada pelos números abaixo indica que o prefeito deveria publicar imediatamente decreto estabelecendo medidas restritivas às atividades não essenciais e que possam aglomerar pessoas.   
No relatório a que tivemos acesso, na parte reservada às observações consta o seguinte: “Destaca-se que o número de atendimento em pacientes suspeitos bateu recorde essa semana no hospital de Campanha e em todos os hospitais públicos e privados. O movimento na emergência é mais que o dobro do ano anterior para pacientes suspeitos”.
 
O que o governo municipal se nega a entender é que os números de infectados e de mortos só vão diminuir quando a circulação das pessoas, e consequentemente do vírus, for contida. No mais será enxugar gelo.
 
 
VEJA A SITUAÇÃO DA OCUPAÇÃO DE LEITOS COVID NOS HOSPITAIS EM POÇOS DE CALDAS (Dados apurados hoje, 10/06/2021)
 
Hospital de Campanha:
14 na enfermaria (8 em máscara de alto fluxo) e 3 intubados/UTI
 
UPA
16 na enfermaria e 3 intubados na sala vermelha junto com outros pacientes não covid
 
Margarita Morales:
8 na enfermaria
 
Unimed
13 intubados/UTI e 18 na enfermaria
 
Santa Lucia
40 intubados em UTI e fila de espera pra receber pacientes de Poços e região
 
Hospital Poços de Caldas
17 pacientes na UTI e 15 na enfermaria
 
Santa Casa
20 leitos UTI ocupados
 
Essa é a triste realidade que as autoridades se negam a enxergar, apesar de terem acesso aos números diariamente.
PS: Os números do levantamento que publicamos acima foram aferidos na manhã de quinta-feira, dia 10, e podem ter sofrido alterações pela dinâmica da doença.




*O Brand-News não se responsabiliza por artigos assinados por nossos colaboradores
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp