23/03/2023 às 14h54min - Atualizada em 23/03/2023 às 14h54min

Borra de café para filtrar água

Por Angela Caruso - @batomnaxicara / www.batomnaxicara.com.br
FOTOS: Reprodução Google
Figura meramente ilustrativa - Reprodução Google
 c
Em sua tese de doutorado, o professor Julião Pereira, 31 anos, natural do Timor Leste, país localizado no sudeste asiático e que sofre com a falta de água tratada para atender sua população, descobriu na borra de café uma alternativa de baixo custo para se obter água potável. De acordo com a pesquisa, desenvolvida na Universidade Federal de Goiás (UFG), em Goiânia, o resíduo, que normalmente é descartado após o café ser coado, passa por um processo até que seja extraída a chamada “torta de café” que, segundo os pesquisadores, é um filtro três vezes mais eficiente que o carvão ativado.
 
Após seis anos de pesquisa, orientada pelo professor Nelson Roberto Antoniosi Filho (UFG), Julião comprovou que a borra de café é uma solução barata para o problema de calamidade pública do seu país. “Depois de fazer inúmeros testes para verificar se o material poderia reter mais poluentes, como metais tóxicos e agrotóxicos, foi comprovado que ele é muito mais eficiente do que o carvão ativado, existente nos purificadores disponíveis no mercado a um custo médio de R$ 500,00. Então, criamos algo que é muito mais barato, eficiente a partir de algo que iria para o lixo.”
 
Com a borra de café seca, o material é submetido a três processos de extração. Primeiro, são retirados 15% de óleo de café, que pode ser usado na indústria alimentícia, de biocombustíveis, de cosméticos. Depois, na segunda etapa, é extraído o aroma do café, que também pode ser reaproveitado na indústria alimentícia e de bebidas. Por fim, no terceiro processo, é extraído um fertilizante, que pode ser utilizado na própria cafeicultura. “Ao final de tudo isso, chegamos àquilo que chamamos de ‘torta de café’. Ela não tem mais cheiro ou sabor e filtra a água com eficiência”, explicou o professor.  
(fonte: site Aquacultura UFMG - Pesquisas acadêmicas)
 
Tem mais!
Você pode usar a borra do café para eliminar odores na geladeira colocando, dentro dela, um pouco de borra de café seca num recipiente aberto. Outra boa função para o pó de café usado é servir de adubo para as plantinhas que decoram sua casa. Basta deixar o pó secar e misturar com cascas de ovos secas trituradas e colocar nos vasos. Ou ainda, misturar duas colheres de borra em um litro de água e esperar até 24h em recipiente fechado. Depois é só coar e borrifar nas plantas. Além de adubar, a mistura vai afastar alguns vilões das plantinhas como formigas e lesmas. Mas, o melhor de tudo, é que o café é rico em propriedades antioxidantes, hidratantes e emolientes que se mantém na borra. Assim, misturada ao mel, por exemplo, pode ser usada para esfoliação da pele do corpo todo. E mais: uma massa feita com a borra de café transforma-se em objetos de decoração e de lindas biojoias.
 
Conhece a expressão “do focinho ao rabo”, indicando que tudo se aproveita de um suíno? Com o café o ditado é: “nada se perde, tudo se transforma”: folhas, flores, cascas, tronco e borra. E claro, o fruto vira a bebida mais amada do mundo!
 
 

 


*O Brand-News não se responsabiliza por artigos assinados por nossos colaboradores
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »