09/03/2023 às 15h40min - Atualizada em 09/03/2023 às 15h40min

A mão que traz o grão

Por Angela Caruso
@batomnaxicara / www.batomnaxicara.com.br - FOTOS: Divulgação
Em meados do século 18 e por encomenda de Zimmermann, proprietário da cafeteria Kaffeehaus, em Leipzig, na Alemanha, o café inspira o grande Johann Sebastian Bach a compor a “Cantata do Café”, uma pequena ópera que conta, de maneira cômica, o esforço de um pai em convencer a filha a desistir de tomar café e lhe oferece um noivo em troca. A opereta foi apresentada na cafeteria entre 1733 e 1735, e refletia a polêmica da época sobre o consumo do “negro veneno”, pois acreditava-se que pudesse causar descontrole e esterilidade nas mulheres.
 
No início do século 21, o café inspira a artista plástica Karen Venturelli (foto). Bisneta, neta e filha de cafeicultores, a artista produziu 12 painéis em arte digital que retratam, a partir das memórias de um tempo vivido na fazenda, o cenário da produção do café e o árduo trabalho de homens e mulheres que se dedicam a tão nobre função.
 
Se a música de Bach trazia a polêmica sobre o consumo de café por mulheres da sua época, as gravuras de Venturelli levantam as bandeiras de respeito, agradecimento e reconhecimento a todas as mulheres envolvidas na sua produção - da semente à xícara - especialmente daquelas cujas mãos estão no campo enfrentando a chuva, o sol, o vento, o frio, a seca, a geada e as pragas para garantir a colheita de grãos perfeitos repletos de notas de aroma e sabor.
 
A exposição desses painéis, que já esteve em outras cidades, está agora numa antiga tulha na centenária produtora de café Fazenda Santa Maria. A mostra foi aberta ontem, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, durante o 2º Encontro de Mulheres do Café da Região Vulcânica
 
A Fazenda Santa Maria está sob o comando de Clineida Junqueira. Seu pai, João Rabelo Junqueira, adquiriu a propriedade em 1896, e se orgulhava de nunca ter tido mão de obra escravizada na fazenda e sempre reconheceu o valor do imigrante italiano que esteve presente na construção das lavouras de café, milho e no trato com o gado.
Atualmente o local é aberto à visitação, graças ao empenho de Gizela Junqueira (filha de Clineida), e sua cunhada Angela Bonfante. A propriedade é conhecida por produzir café especial premiado nos concursos da região e pelo belíssimo vandário instalado ao lado da cafeteria.
 
Vencido o preconceito, mulheres são coffee lovers e muitas delas sustentam suas famílias com os grãos e a segunda bebida mais consumida no mundo, depois da água.
 
SERVIÇO:
Exposição: A Mão que Traz o Grão
Fazenda Santa Maria - SP 342, km 245 - Águas da Prata (SP)
Sábados, domingos e feriados, das 9 às 16h - até 09 de junho de 2023

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »