07/06/2022 às 17h19min - Atualizada em 07/06/2022 às 17h19min

Prevenção à queda de cabelos

Cabeleireiro, Visagista, Tricologista e Colorista - Studio JG Visagismo
Whats: (35) 9 9127-4885
Figura meramente ilustrativa - Reprodução Google
c 
A queda dos cabelos assusta tanto homens como mulheres, pois nosso cabelo tem um impacto muito grande em nossa imagem. Existe queda relacionada com o ciclo natural dos cabelos e esta não deve causar preocupação. No entanto, quando percebemos a queda acentuada devemos consultar especialistas no assunto para tratamento.
 
Porém, existem algumas ações que você pode colocar em prática desde já para prevenir e tratar a queda de cabelos. Confira a seguir:
 
1) Manter os cabelos sempre limpos
A manutenção da limpeza capilar é primordial, pois o couro cabeludo sujo promove o aumento da oleosidade, sujeira e microorganismos que provocam queda.
O ideal é que a lavagem seja feita com água em temperatura menor que 25 graus e, preferencialmente, em dias alternados. Assim você evita os desgastes causados pelo excesso de água, sem permitir o acúmulo de sujeira.
 
2) Usar a escova errada
O uso da escova também pode ocasionar a queda de cabelo. Usar uma escova que não é para o seu tipo de cabelo pode danificar os fios, deixando aquele aspecto de cabelos quebrados. Seu cabeleireiro poderá fornecer orientação neste aspecto.
 
3) Reduza seu estresse
Estudos mostram que uma boa parte das pessoas que reclamam de queda de cabelo apresenta ou apresentou algum tipo de estresse que pode ter sido causador da queda capilar. Uma boa forma de reduzir seu estresse, cuidar do organismo e ainda prevenir a queda de cabelo é por meio da prática de atividades físicas. Se exercitar libera endorfinas que diminuem o estresse e, consequentemente, a queda de cabelos.
 
4) Não prender os fios molhados
Fazer isso de vez em quando não tem problema nenhum. Mas achar que vai reduzir o volume dos fios dando um bom nó pode causar a queda de cabelo, pois os fios estão fragilizados quando molhados.
 
5) Atente-se à saúde do couro cabeludo
O couro cabeludo precisa de atenção, pois oleosidade excessiva, caspa, dermatite seborreica e outros males, podem provocar queda da haste capilar.
 
6) Faça exames periodicamente
O cabelo também é reflexo de sua saúde como um todo. Mantenha sua saúde em dia e seus cabelos agradecerão.
 
7) Evitar o álcool e o fumo
A ingestão de álcool provoca aumento da produção de radicais livres no nosso corpo. O controle é de extrema importância no consumo de bebidas alcóolicas. O tabagismo deteriora a saúde geral.
 
8) Cuidado com a ansiedade e a depressão
Estas duas condições podem também causar a queda de cabelo por serem fatores estressantes. Dependendo do grau de sua depressão ou ansiedade, a reação orgânica a isso pode alterar a produção de oleosidade de seu couro cabeludo, o que pode promover descamação ou aparecimento da caspa, alguns fatores que facilitam a queda.
Além disso, em casos mais crônicos, a depressão também pode levar a alterações nos hábitos alimentares e perda de apetite - o que, num futuro próximo, pode contribuir para o enfraquecimento dos fios e a queda de cabelo. Alguns dos medicamentos utilizados para o tratamento dessas doenças podem ter o mesmo efeito.
 
9) Cuide da alimentação
O que comemos é essencial para fortalecer os fios e estimular o crescimento deles. Alguns nutrientes específicos como os minerais (zinco, selênio, cálcio, silício e ferro), vitaminas (E, C e do complexo B), proteínas e grão integrais são extremamente benéficos para fortalecer os fios e evitar a queda de cabelo.
 
10) Use a chapinha corretamente
Caso faça uso incorreto, os danos podem tomar grandes proporções. Erros como passar chapinha no cabelo molhado, sujo, ou dispensar protetores térmicos podem potencializar a queda de cabelo.



 


*O Brand-News não se responsabiliza por artigos assinados por nossos colaboradores
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp