16/02/2022 às 16h28min - Atualizada em 16/02/2022 às 16h28min

O dia em que a Terra parou

FONTE: Roana Mello
Figura meramente ilustrativa – Reprodução Google
C
Anos atrás, Raul Seixas cantou algo parecido. Entretanto, diferente da música, todos ainda estão aqui, em meio a uma pandemia, suas bolhas individualizadas, e isso não é um sonho.
Talvez não para você, mas a Terra parou...
 
Parou para um povo que deixou de comer o básico, pois não lhe cabe mais nem nos bolsos para comprar e pagar, tampouco à mesa para comer.
Esse povo que consumia e saciava a fome dos seus - e enriqueciam uma das indústrias que mais cresceu durante essa calamidade -, agora sobram‑lhe os ossos mendigados de um lugar qualquer.
Parou para aqueles que não se vestem mais. Aliás, para quê? Se, não tão diferente de antes, se tornaram absurdamente imperceptíveis, rejeitados ignorados e, nós, passamos de olhos fechados diante de suas mazelas e lamentos.
A Terra parou para quem sorria, pois não há lágrimas resistentes à indiferença e falta de empatia.
Parou para quem acreditava na melhoria de um país e pessoas em desconstrução, mas em troca, recebeu rejeição, humilhação e arrogância.
Ela parou quando esperamos acolhimento e amor, e a pátria amada não amou, mas, assim como antes, ela açoitou, escravizou e matou.
Parou para quem não se vacinou. Seja porque a vida findou-se antes de uma solução ou porque a prioridade foi - e é - andar de mãos dadas com a ignorância e a negação. A Terra também parou para quem adoece por dentro.
 
A nossa Terra só não parou o limite do individualismo e ego de uma parte que escolheu fingir normalidade, enquanto o outro lado sussurra socorro ao “pé do ouvido”.
 
A Terra parou, mas ainda há os resistentes e resilientes, e talvez o poeta Sérgio Vaz tenha razão em sua frase que diz: “Não posso me dar ao luxo de ser feliz, porém, sou orgulhoso demais para ser um sofredor”.
Sigamos na luta!
 
Por Roana Mello - jornalista
E-mail: roanamello.jor@gmail.com

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp