Brand-News Publicidade 1200x90
10/10/2022 às 15h11min - Atualizada em 10/10/2022 às 15h11min

Bença mãe!

Jornalista, publicitário, escritor e professor universitário
[email protected]
Foto meramente ilustrativa - Reprodução Google
c
Minha mãe me ensinou a não xingar ninguém de nome feio.
Minha mãe me ensinou que as palavras curam ou matam e que a escolha será minha ao utilizá-las.
Minha mãe me ensinou que não é apontando o erro de alguém que eu acerto.
Minha mãe me ensinou que o respeito ao outro pode não ter contrapartida e assim, gentileza nem sempre gerará gentileza.
Minha mãe me ensinou que inexiste luta do bem contra o mal, mas tão somente a luta a favor do bem e que o “bem” não tem propriedade intelectual.
Minha mãe me ensinou que atribuir ao outro o discurso do ódio, não pode carregar o ódio em meu discurso.
Minha mãe me ensinou que eu necessito ser honesto, antes de comentar sobre a desonestidade de alguém.
Minha mãe me ensinou a praticar a solidariedade e que ela começa dentro da minha própria casa.
Minha mãe me ensinou que todo mundo tem direito a uma segunda chance, mas não a uma quarta.
Minha mãe me ensinou a perdoar os erros meus e dos outros, que eu não sou perfeito e que por isso, eu não deveria procurar a perfeição no ser humano.
Minha mãe me ensinou que eu não devo calar-me quando acreditar que algo não foi justo, porque se eu nada disser, o injusto também serei eu.
Minha mãe me ensinou muito mais coisas que por um lado não dá para dizer que aprendi, por outro, não dá para dizer que eu não sabia.
Bença mãe!





*O Brand-News não se responsabiliza por artigos assinados por nossos colaboradores
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.