16/03/2023 às 15h24min - Atualizada em 16/03/2023 às 15h24min

Cia. de Dança Palácio das Artes volta a Poços depois de dez anos, agora com o espetáculo “m.a.n.i.f.e.s.t.a”

FONTE: FONTE: Secretaria Municipal de Comunicação Social da Prefeitura de Poços de Caldas - FOTO: Paulo Lacerda /FCS
c
Apresentação gratuita integra a programação do Festival de Inverno 2023
 
A programação do Festival de Inverno de Poços de Caldas 2023, que será realizado de 7 a 23 de julho, tem como atração já confirmada o espetáculo “.m.a.n.i.f.e.s.t.a.”, da Cia. de Dança do Palácio das Artes (CDPA). A apresentação está agendada para o dia 9 de julho, segundo dia de festival, no Teatro Benigno Gaiga, no Espaço Cultural da Urca, com entrada gratuita.
O secretário municipal de Cultura, Gustavo Dutra, esteve em reunião com o presidente da Fundação Clovis Salgado, Sérgio Rodrigo Reis, na última terça-feira (14), quando convidou o corpo artístico para integrar a programação do Festival de Inverno. “A última apresentação da Cia. de Dança do Palácio das Artes em Poços de Caldas foi há dez anos, com o espetáculo ‘Tudo que se torna um’. Estamos muito felizes e ansiosos para receber o espetáculo ‘.m.a.n.i.f.e.s.t.a.’, que celebra os cem anos da Semana de Arte Moderna”, destaca Gustavo Dutra.
 
O espetáculo terá entrada gratuita para o público. A Secult tem trabalhado fortemente para fomentar o intercâmbio cultural com Belo Horizonte, proporcionando a apresentação de talentos locais no hipercentro cultural de Minas Gerais, como também visando receber produtos culturais da capital, fortalecendo e valorizando o sentimento de pertencimento, identidade e conexão.
 
Em reunião na tarde desta quarta-feira (15), com a Câmara Setorial da Dança do Conselho Municipal de Política Cultural, o secretário Gustavo Dutra anunciou o retorno da Cia. de Dança Palácio das Artes para a cidade. No encontro, foram debatidos temas como os editais lançados nesta quarta, a profissionalização do setor, com a vinda da banca do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado de Minas Gerais (Sated-MG) e o Prêmio da Dança.
 
“É extremamente importante essa troca entre a capital e o Sul de Minas porque somos uma cidade mineira. Embora estejamos mais próximos de São Paulo, é importante ter contato com Belo Horizonte e com a dança mineira, que é uma referência no Brasil e no mundo. Faz muitos anos que o Palácio das Artes não vem a Poços. Nas outras participações, houve uma troca muito grande, tanto com as oficinas quanto com o espetáculo, que movimentou também o cenário local, instigando os bailarinos e os grupos a produzirem outros espetáculos e outras formas de dança”, ressalta o professor, ator, diretor e bailarino, Nando Gonçalves.
O professor de Danças Urbanas, Adriano Mesquita, que integra a Câmara Setorial da Dança no Conselho Municipal de Política Cultural, também enfatizou a importância da vinda da Cia. de Dança Palácio das Artes durante a programação do Festival de Inverno. “Vai ser uma experiência excelente, como já foi há dez anos, com uma troca fantástica. O trabalho é de alto nível”, comenta.
 
“m.a.n.i.f.e.s.t.a”
O espetáculo leva ao público uma miscelânea de estéticas, a partir das diversas linguagens propostas pela coreografia pensada pelos bailarinos da companhia, em conjunto com as diretoras convidadas. O trabalho parte da leitura dos manifestos Pau Brasil e Antropófago, de Oswald de Andrade, para refletir sobre a contemporaneidade, entrelaçando o legado do movimento modernista, a multiplicidade do presente e as possibilidades abertas nas junções e separações que permeiam os 100 anos de um dos marcos das artes brasileiras: a Semana de Arte Moderna de 1922.
Antes mesmo da itinerância, para quem deseja conferir “.m.a.n.i.f.e.s.t.a.” de forma remota, o espetáculo pode ser assistido em qualquer lugar do mundo a qualquer horário pela internet. A apresentação realizada ano passado no Grande Teatro Cemig Palácio das Artes já está disponível nos streamings EMC Play (emcplay.com), da Empresa Mineira de Comunicação, e CineHumbertoMauroMAIS (cinehumbertomauromais.com), do Cine Humberto Mauro. É possível assistir à íntegra da montagem em ambas as plataformas. Além disso, a produção está disponível no Canal de YouTube do Palácio das Artes (youtube.com/palaciodasartesmg).


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »