03/03/2023 às 16h07min - Atualizada em 03/03/2023 às 16h07min

Jovem escritora lança em Poços o livro “A Vingança”

FONTE: Mariana Simonetto Bassetti - FOTOS: Nany Abrahão
Mariana Simonetto Bassetti durante lançamento do romance policial “A Vingança”
C 
Publicação é o primeiro da série no gênero romance policial
 
Com 15 anos, ela quis ser bióloga marinha; aos 16, confeiteira. Quando se formou no ensino médio, seu sonho em ter seu próprio negócio a fez cursar administração. Formada no ano de 2021, ainda pensa em um mar de possibilidades, e ser escritora foi um desvio que há tempos estava inserido no seu peito, mas que levou um longo percurso para conseguir sair da caixa.
 
Paulistana de 22 anos, 19 deles residindo em Poços de Caldas, Mariana Simonetto Bassetti viu seu sonho concretizado no dia 24 de fevereiro, data em que lançou na Cafeteria Splash, seu primeiro livro da série “A Vingança” (Editora Viseu). A publicação, no gênero romance policial, tem ganhado fôlego através da internet, já que a autora tem trocado parcerias com diversas influencers de leitura e páginas de bookstagram que a ajudam na divulgação, além de desenvolverem resenhas para a obra.
 
SINOPSE - Sophie Aguirre é uma francesa que possui o grandioso sonho de conquistar um cargo dentro de uma das redes hoteleiras mais prestigiadas e famosas do mundo, comandada pela CEO Victoria Costello, sua maior ídola.
Ao ver seu sonho barrado, mas salvo no mesmo dia, ela resolve dar o primeiro passo ao trabalhar como assistente pessoal de Victoria e de sua família problemática. E depois de anos trabalhando para a família, e completamente apegada aos membros, ela vê a sua primeira chance de mostrar à Victoria sua competência e profissionalismo dentro da Five Senses. Contudo Sophie não imagina quão longa será a batalha para finalmente chegar onde quer, pois atrás de um simples acordo, há uma grande vingança.
 
LEITURA E ESCRITA - Mariana contou que escreve desde muito pequena, e ainda no fundamental participava de competições de redação. “Sempre me aventurei a descrever cenários cobertos de reviravolta e mistérios”, lembrou. O hábito da leitura também serviu como um portal para esse mundo de possibilidades, já que aos 15 anos ela escreveu pequenos curtas e até novelas que as primas e amigas próximas liam.
Em 2018, com 18 anos de idade, quando entrou na faculdade Mariana adquiriu seu primeiro notebook e começou a escrever um romance que se passava em Holambra. “Foi um período de longos anos para que eu conseguisse terminar aquela história, e eu ainda sentia que não estava no caminho certo. Terminado o primeiro livro, minha irmã mais velha leu e me deu algumas orientações, foi então que eu percebi que não gostava de escrever livros de romance baseados no clichê da mocinha e do mocinho”, disse.
 
NO CAMINHO CERTO - Escrever o segundo livro partiu de uma iniciativa inesperada, conta Mariana, uma vez que ela passava por um bloqueio criativo e tudo o que começava, ficava inacabado. “Foi então, em um domingo, após um cochilo de fim de tarde, que a ideia simplesmente surgiu na minha cabeça e comecei a escrever. Foram menos de duas horas e eu havia dado vida ao prólogo da série ´A Vingança´”, lembra. “Escrever a partir dali foi ainda mais recompensador, visto que eu terminei o primeiro livro em 3 meses. E enquanto eu escrevia, as cenas de suspense, mistério e ação foram mexendo com meu interior, eu havia encontrado meu caminho.”
 
“Foi realmente recompensador escrever uma história tão profunda e tocante, e eu sei que pude amadurecer muito como escritora e ser humano ao decorrer dessa experiência. Os personagens são únicos e inesquecíveis”, concluiu.
 
Instagram: @mari_simonetto


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »