10/02/2021 às 17h34min - Atualizada em 10/02/2021 às 17h34min

Brasil do Bem: Projeto de Poços é indicado para receber o Prêmio Nobel da Paz

FONTE E FOTO: Phábrica de Idéias
A plataforma de conhecimento e relacionamento Walking Together - que desde 2018 já teve seis edições em Poços de Caldas, está entre os indicados para concorrer à edição 2021 do Prêmio Nobel da Paz, que acontece em Oslo, na Noruega, e é um dos mais prestigiados do mundo. O movimento, que começou em 2010 na cidade paulista de Catanduva, a princípio queria reunir um grupo de amigos e “amigos dos amigos” para criar uma rede de pessoas do bem para discutir sobre criatividade, inovação e trocar conhecimento.
De acordo com Fabio Fernandes, fundador da Walking Together, o projeto nasceu para conectar empreendedores e deu muito certo desde o início. Várias cidades passaram a integrar e replicar o modelo e muito rapidamente percebemos a força desta união. “Começamos então a pensar no potencial das soluções coletivas, como por exemplo, descobrir e desenvolver as vocações das cidades participantes, tornando-as mais atraentes e ampliando as oportunidades, tanto para reter os talentos locais, quanto para atrair investimentos e talentos de grandes centros”, explica Fernandes. “É preciso criar oportunidades nas cidades menores que, muitas vezes, vivem à sombra dos grandes centros. Ao iluminar estes novos núcleos, atraindo talentos e ofertando qualidade de oportunidades e de vida, estamos humildemente promovendo um movimento contributivo para pacificação das megacidades e para o combate ao possível caos urbano, previsto para 2030 no estudo apresentado ao exército americano alertando sobre os perigos da superpopulação”.
 
CRESCIMENTO - Em 2018, o projeto chegou à cidade mineira de Poços de Caldas e já foram realizados seis encontros conectando diversos empreendedores do município e da região. “Conforme vão ocorrendo as edições, o movimento vai crescendo, principalmente, em função da troca de experiências entre os palestrantes e participantes que são evidentes. O networking também permite a geração de oportunidades e tivemos vários projetos que se concretizaram neste período.  Esse movimento é muito importante para a cidade por aproximar os empresários, que viram que é possível aprender com a experiência do próximo e fazer bons negócios”, afirma Jenyfer Abrantes Honorato, “piloto” do Walking Together em Poços de Caldas.
Para ela, a indicação ao Nobel é uma oportunidade de valorizar as ações realizadas pelos movimentos fora dos grandes centros. “Eu vejo como uma forma de incentivar movimentos que surgem em cidades de pequeno e médio porte e valorizam o empresário e empreendedor local”, comenta.
A lógica do Walking Together é simples: diminuindo a superpopulação nos grandes centros, há menos violência, desemprego, fome e miséria. “Nosso papel é iluminar as pequenas cidades, tornando-as mais atraentes desenvolvendo suas vocações, gerando oportunidades, qualidade de vida e paz. As cidades do interior passarão a ser uma importante alternativa para o futuro do planeta e para a felicidade das pessoas”, completa Fernandes.
Até 2022, o projeto, que já tem sua própria rede social “presencial”, deve lançar em breve sua versão digital e uma plataforma de streaming para conhecimento compartilhado, e com estratégia de expansão espera estar em 400 cidades brasileiras conectando 40 mil “walkers”.
 
A indicação ao Prêmio Nobel da Paz
 
Atualmente, mais de 70 municípios já se conectaram ao Walking Together, alcançando cerca de sete mil empreendedores. Um grupo de professores conhecedores do projeto e de seu impacto fizeram o processo de indicação formal para concorrer ao Prêmio Nobel da Paz deste ano.
As indicações ao Prêmio Nobel da Paz deste ano ocorreram até o final de janeiro. Entre fevereiro e março, o comitê norueguês realiza uma pré-seleção dos indicados que são escolhidos no final do ano. O resultado é divulgado tradicionalmente em dezembro.
 
 
 Fabio Fernandes, fundador da Walking Together








Jenyfer Abrantes Honorato, “piloto” do projeto em Poços de Caldas

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp