29/03/2023 às 16h12min - Atualizada em 29/03/2023 às 16h12min

Aluna do curso Técnico em Enfermagem do Senac em Poços de Caldas pode representar Minas em competição nacional de profissões

FONTE E FOTOS: Mateus Santos - Rede Comunicação - [email protected]
c 
O próximo passo é o desempate da etapa estadual, em abril, e a aluna Elizandra Silva aprimora as técnicas na unidade Senac
 
Horas e horas de treinos diários, estudos de performance, análises e exercícios, sempre com concentração e foco no objetivo. O dia a dia de um verdadeiro atleta é o guia da estudante Elizandra Silva, de 19 anos, rumo à final estadual da Competição Senac de Educação Profissional, que será disputada em abril. A aluna do curso Técnico em Enfermagem participa da prova na categoria Cuidados de Saúde e Apoio Social, que pode garantir passagem para a competidora tentar ser a melhor profissional do Brasil, representando Minas Gerais.
 
O trabalho é longo e se iniciou com uma etapa escolar, dentro da unidade Senac em Poços de Caldas. O passo mais recente foi a primeira prova estadual, que classificou duas concorrentes para um desempate, do qual a pessoa vitoriosa será a representante estadual, ou seja, uma verdadeira final.
 
Na rotina, dominam os simulados e práticas que exploram casos clínicos e situações-problemas fictícias de pacientes com diversidade de patologias, em ambientes residencial, ambulatorial, hospitalar e casa de repouso para aperfeiçoarem as regras impostas pela competição. O objetivo é testar as técnicas de atendimento, mas também competências humanas como empatia e acolhimento.
 
Natural de Campestre, a cerca de 40km de Poços de Caldas, Elizandra iniciou sua trajetória na Enfermagem em 2021, quando se matriculou no curso Técnico do Senac. Ela conta que se interessou de imediato quando soube da possibilidade de participar das competições de educação profissional e se mostra animada para a etapa nacional: “A competição tem sido única e surreal. A menina do interior, de uma cidade vizinha de Poços de Caldas, conhecendo novos lugares, novos ares, novas pessoas. Estou experimentando um sonho e, ao mesmo tempo, me especializando cada dia mais no desenvolvimento profissional”, comenta.
 
A Competição Senac de Educação Profissional - Desempate estadual está marcada para 11 e 12 de abril e ocorrerá presencialmente na unidade Senac em Belo Horizonte - Venda Nova. A candidata do Sul de Minas concorre com competidora da cidade de Uberaba pelo posto de representante de Minas Gerais.
 
ROTINA DE COMPETIÇÃO - O treinamento dura geralmente seis horas diárias: três horas em casa, no turno da manhã, e mais três na unidade Senac, no turno da noite. Para completar a rotina, a jovem ainda dá continuidade ao curso técnico, com aulas no turno da tarde.
A preparação ocorre sob a tutoria da docente avaliadora do Senac Caren Noble e já dura mais de sete meses. A profissional ajuda a montar os conteúdos dos treinos, provas e simulados e está pela primeira vez atuando como treinadora nas competições. “O treinamento para as competições tem sido bastante desafiador e, ao mesmo tempo, uma incrível experiência, tanto individual quanto profissional, como enfermeira e como docente. É um processo que nos faz pensar sobre a nossa atuação, pois são necessárias várias horas de dedicação, estudos e treinamento de práticas, o que nos permite uma constante atualização dos conhecimentos e pensamento crítico”, pontua.
 
MANTER O OURO EM CASA - Quem conquistar o desempate estadual terá a responsabilidade de manter em terras mineiras o posto de melhor profissional do Brasil na área de serviços de saúde. A atual campeã da categoria Cuidados de Saúde e Apoio Social é de Minas Gerais: Tayná Borges, de Patos de Minas, ganhou a medalha de ouro na etapa nacional, realizada em 2021.
 
A competidora Elizandra Silva está confiante. “Imaginar que posso representar meu estado é um sonho. Seria um privilégio levar o nome de Minas, da minha cidade, meu nome e toda minha história até essa conquista! Para mim, além de uma grande especialização, todo esse processo é uma forma de motivar outras pessoas que, assim como eu, precisam de uma oportunidade, de alguém que acredite nelas. E tem servido para confirmar também meu sentimento de vocação para servir e ajudar aos outros”, finaliza.
 
SOBRE A COMPETIÇÃO - O Senac em Minas tem tradição nas competições de educação profissional. Em 2008, participou, pela primeira vez, da Olímpiada do Conhecimento, a maior da América Latina promovida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). A partir de 2016, o Departamento Nacional do Senac criou as Competições Senac de Educação Profissional, voltadas exclusivamente para atividades do comércio e serviços. De lá para cá, diversos alunos e avaliadores representaram a instituição nacional e internacionalmente.
 
As Competições Senac são compostas por três etapas: escolar, estadual e nacional. Os vencedores das etapas seguem adiante representando suas localidades e o ápice acontece quando os primeiros colocados em cada ocupação na etapa nacional representam o Brasil na WorldSkills, a maior competição de educação profissional do mundo. E é de Minas a melhor colocação da instituição na competição internacional. Em 2019, Miriam de Paula, de Belo Horizonte, conquistou o 2º lugar na categoria Cuidados de Saúde e Apoio Social.
 
A estreia internacional do Senac na Worldskills ocorreu em 2009, no Canadá e a instituição tem participado do evento global desde então. As edições seguintes ocorreram na Inglaterra (Londres, em 2011), na Alemanha (Leipzig, em 2013), no Brasil (São Paulo, em 2015), nos Emirados Árabes (Abu Dhabi, em 2017) e na Rússia (Kazan, em 2019). Em 2021, por causa das restrições da pandemia, a 46ª edição da competição, que seria em Xangai, na China, foi cancelada e em seu lugar foi realizada uma Edição Especial em vários países, em 2022. A próxima Worldskills será realizada em 2024, em Lyon, na França.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »