02/02/2023 às 16h45min - Atualizada em 02/02/2023 às 16h45min

Unabem volta às atividades de 2023 com uma visita guiada ao Palace Casino

FONTE E FOTOS: Flávio José Valente
O jornalista e historiador Roberto Tereziano com o grupo no Palace Casino
c 
Os alunos da Universidade Aberta para a Maturidade (Unabem) tiveram como aula inaugural deste ano uma visitação especial às instalações do Palace Casino, em Poços de Caldas. Para esta visita, realizada no dia 1º de fevereiro, foram acompanhados pelo jornalista e historiador Roberto Tereziano, que os brindou com seus conhecimentos históricos, além da assistência da gerente de eventos do Palace Hotel, Karina Ruth. Esta visita faz parte do projeto Turismo Educativo 60+ como parte do programa da Unabem da Universidade Estadual de Minas Gerais (Uemg).
 
A Unabem foi inspirada e segue o modelo da Universidade da Terceira Idade (U3A), que começou na França, na Faculdade de Ciências Sociais de Toulouse, em 1973. As U3As são normalmente associadas à uma universidade convencional na região. O público-alvo tem entre 40 e 80 anos de idade e não há exigência de provas ou trabalhos durante os cursos (na Unabem é a partir dos 60 anos). Os estudantes podem escolher entre diversas disciplinas de acordo com seus interesses, tais como história, economia, tecnologia da informação, línguas, dança, artes, empreendedorismo, bem como informações sobre saúde e atividades socioculturais (na Unabem já existe uma grade curricular definida). A frequência dos cursos varia conforme a instituição, mas geralmente as aulas ocorrem de duas a três vezes por semana, à tarde. Para se matricular em uma dessas universidades, não é necessário passar por um vestibular ou apresentar um diploma de ensino médio ou superior.
 
A Unabem de Poços de Caldas segue, em linhas gerais, os moldes das U3As e tem como objetivo principal promover as capacidades cognitivas, elevar a autoestima e a sociabilidade dos alunos envolvidos.
 
ATO DE CIDADANIA - Alinhado a este modelo das U3As e da Unabem, o projeto Turismo Educativo 60+ busca o resgate e vivência de conhecimentos históricos, geográficos, econômicos, de saúde e ambientais relacionados ao turismo da cidade, por meio de visitas guiadas aos principais atrativos turísticos. Em última análise, o que se deseja é que tais visitas e discussões possam despertar sentimentos de pertencimento, identificação e valorização da cidade. O projeto se fundamenta na premissa que movimentar-se pela cidade é um ato de cidadania que ajuda a perceber que este espaço é nosso e, portanto, passível de nossas influências.
 
Como ganho secundário, mas não menos importante, o projeto almeja também melhorar o bem-estar emocional e físico dos alunos com mais de 60 anos. Acredita-se que visitas turísticas guiadas podem melhorar a capacidade de socialização, conhecer novas pessoas e fortalecer laços com aqueles já conhecidos, em um ambiente propício para isso. Esta interação social pode trazer emoções positivas e aumentar a autoconfiança e a autoestima. As visitas também exigem caminhadas que melhoram a mobilidade corporal, força muscular e flexibilidade. Por fim, visitar lugares novos estimula o cérebro com novidades, aumentando a atividade mental e a assimilação de novas informações, ajudando, assim, a se adaptar às mudanças.
 
As visitas guiadas aos atrativos turísticos da cidade são sempre acompanhadas pelo professor Flávio José Valente, idealizador do projeto; pela coordenadora da Unabem professora Adriana Gavião B. Oliveira; por estagiárias de pedagogia da Uemg; e sempre que possível, de um guia/monitor especializado no respectivo atrativo turístico.
 
Após a visitação, já em sala de aula, são promovidos debates e rodas de conversas no sentido de analisar e avaliar criticamente os aspectos emergentes das respectivas visitas. Como resultado destas discussões, tem surgido alguns produtos pedagógicos, tais como: frases interessantes sobre a cidade ou atrativos, sugestões dos alunos para melhorias dos atrativos com cartas aos respectivos gestores, fotos com o olhar dos estudantes 60+ sobre a cidade, entre outros.
 
Mais informações:
Prof. Adriana Gavião B. Oliveira: (35) 9 8811-7111 / [email protected]
Prof. Flávio José Valente: (35) 9 8874-5236 / [email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.