24/11/2022 às 11h57min - Atualizada em 24/11/2022 às 11h57min

Museu recebeu segunda visita guiada do Projeto Turismo Educativo 60+

FONTE E FOTOS: Flávio José Valente
c 
Explorar temas históricos, geográficos e de costumes da cidade, fundamentais para resgatar e aprofundar os objetivos propostos. Com esse propósito, foi realizada na tarde ontem (23), no Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas, a segunda visita guiada do Projeto Turismo Educativo 60+. O projeto, com atividades gratuitas e abertas a toda comunidade, integra o programa da Universidade Aberta para a Maturidade (UNABEM), da UEMG Poços de Caldas, e é conduzido pelos professor voluntário Dr. Flávio José Valente e Dra. Adriana Gavião B. Oliveira, ela professora coordenadora.
 
A primeira visita do grupo aconteceu no dia 9 de novembro, nas Thermas Antônio Carlos - local escolhido por oferecer aos alunos temas históricos e geográficos sobre a origem da cidade, como o vulcanismo, as águas sulfurosas e o turismo de saúde e bem-estar.
 
Através do projeto, os alunos, com idade acima de 60 anos de idade, têm a oportunidade de resgatar e vivenciar conhecimentos importantes de fatos históricos, geográficos, econômicos, de saúde e ambientais do turismo de Poços de Caldas, além de ter contato, de maneira crítica, guiada e assistida, com diversos atrativos turísticos da cidade. Também é objetivo do projeto despertar nos alunos sentimentos de pertencimento, identificação e valorização da cidade.
 
“O turismo é o eixo principal escolhido pelo projeto por ser ao mesmo tempo fruto e gerador de múltiplas relações de natureza social e cultural. Isso faz do turismo muito mais que simplesmente uma atividade econômica geradora de emprego e renda para uma localidade”, explica Flávio José Valente. “O turismo é também uma atividade da produção humana e que tem potencial de trazer ampla visão de novos saberes e de mundo ao público 60+.”
 
Além disso, segundo o professor, movimentar-se pela cidade é um ato de cidadania, de conhecer e pensar a cidade. “Tal ato pode provocar reflexões sobre os moradores e visitantes e suas relações entre os espaços de lazer e trabalho. Portanto, não se trata apenas de passear por lugares turísticos, mas sim perceber que os lugares são elaborados pela sociedade para serem destinados a diversas finalidades”, lembra.
 
A UNABEM - Universidade Aberta para a Maturidade é um programa de extensão da UEMG desenvolvido para a população acima de 60 anos e que visa promover atividades intelectuais com o objetivo de elevar a autoestima, a sociabilidade, além de desenvolver as capacidades cognitivas dos integrantes. Trata-se de um programa multidisciplinar, que envolve alunos e professores de diversos cursos, inclusive com a participação de professores voluntários.
 
Mais informações pelos telefones (35) 9 8874-5236 (Flávio) e (35) 9 8811-7111 (Adriana), ou pelos e-mails [email protected] e [email protected].


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.