04/11/2022 às 15h14min - Atualizada em 04/11/2022 às 15h14min

Turma da Mônica e UPVacina se unem para reforçar a importância da vacinação em crianças

FONTE E FOTO: Gabriel Furlan - [email protected]
Campanha voltada para mães, pais e responsáveis combate a desinformação e foca na segurança e eficácia das vacinas para crianças
 
Para reforçar todo o carinho e cuidado que a Mauricio de Sousa Produções tem com os pequenos, a Turma da Mônica Baby acaba de abraçar uma iniciativa que destaca a importância da vacinação. Em parceria com a União Pró-Vacina, a campanha incentiva pais, mães e responsáveis a reforçarem o cuidado com as crianças. A ação divulgada no perfil oficial da Turma da Mônica no Instagram apresenta sete motivos para manter o calendário vacinal atualizado na infância.
 
Segundo dados divulgados pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), a taxa de vacinação infantil no Brasil vem sofrendo uma queda brusca: caiu de 93,1% para 71,49%. De acordo com a pesquisa, realizada em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS), esse número coloca o Brasil entre os dez países com menor cobertura vacinal do mundo.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que os personagens do Bairro do Limoeiro atuam diretamente para incentivar a vacinação. A personagem Mônica é embaixadora do UNICEF desde 2007. Entre as iniciativas mais recentes, em 2020, participou de campanha de conscientização sobre a eficácia e a segurança das vacinas de rotina, como as contra sarampo e pólio, para crianças menores de 5 anos. No mesmo ano, em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), uniu-se à 18ª Semana de Vacinação nas Américas, incentivando as famílias a levarem as crianças para vacinar.

“No Brasil, enfrenta-se uma enorme queda nos índices de cobertura vacinal infantil nos últimos anos. A vacinação salva de 2 milhões a 3 milhões de vidas por ano. Mas para ser efetiva, é necessário que seja coletiva. Ações de comunicação que apresentam de forma correta e acessível sobre a importância da vacinação e outras estratégias de saúde pública contribuem para uma consciência e responsabilidade coletiva. Com a Turma da Mônica Baby acreditamos que essa mensagem chegará mais longe”, afirma Nathália Pereira da Silva Leite, divulgadora científica atuante na UPVacina.

A pesquisadora destaca que, graças às vacinas, desde 1989 o Brasil está livre de poliomielite, doença que leva a graves sequelas, não tem tratamento específico e pode causar a morte. No entanto, o vírus causador desta doença ainda circula em outros países, tornando possível que volte a circular em nosso território, caso a cobertura vacinal se mantenha em queda, daí a importância de ações de conscientização e informação.
 
A União Pró-Vacina é uma iniciativa articulada pelo Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto da USP em parceria com diversas instituições científicas e acadêmicas. Entre as ações realizadas estão produção de material informativo; intervenções em espaços públicos, eventos expositivos e combate às informações falsas.
Mais informações podem ser conferidas no site oficial e nas mídias sociais.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.