03/11/2022 às 15h53min - Atualizada em 03/11/2022 às 15h53min

Poços de Caldas: 150 anos de encanto – Parte 1

FONTE: Roberto Tereziano - FOTO: Acervo Roberto Tereziano
C
As condições climáticas do local e a descoberta das fontes termais, cujas águas realizavam verdadeiros milagres na solução dos males das pessoas, determinaram que o futuro daquela localidade seria a existência de uma esplêndida cidade.
 
As pessoas já vinham dos mais diversos pontos do Brasil e até de países vizinhos em busca de curas, muitas das quais se realizavam. O médico Pedro Sanches de Lemos (foto), que já conhecia a fama das águas, assim que concluiu a faculdade no Rio de Janeiro tomou a decisão de vir para a região antes mesmo da fundação oficial da cidade.
 
Quando, em seis de novembro de 1872 o senador Floriano Godoi oficializou o início do povoado, com a doação feita pela família Junqueira, Dr. Pedro Sanches já morava no local e já começava os estudos para a aplicação das águas termais de forma mais científica, levando as águas de Poços de Caldas para grandes laboratórios no exterior, onde também colhia informações detalhadas sobre como deveria ser a primeira estância balneária do Brasil.
 
Foi a visão e o comprometimento de centenas de pessoas que foram chegando, se curando e ficando, que determinaram, há 150 anos atrás, a formação da bela cidade de Poços de Caldas.
 
Escrevera, certa vez, o escritor Menotti Del Picchia: “Poços e Caldas é um pedaço do paraíso perdido entre as montanhas.”
 
Por Roberto Tereziano - jornalista e historiador
Facebook: R Tereziano Poços de Caldas

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.