26/10/2022 às 15h58min - Atualizada em 26/10/2022 às 15h58min

Exposição com fotos de Limercy Forlin ganha temporada em Belo Horizonte

FONTE: Secretaria Municipal de Comunicação Social da Prefeitura de Poços de Caldas - FOTOS: Limercy Forlin
c 
Em homenagem aos 150 anos de Poços de Caldas, CâmeraSete - Casa da Fotografia de Minas Gerais recebe exposição “Retratos de Limercy Forlin
 
Depois de passar pela sede do IMS em Poços de Caldas, onde ficou em cartaz de até março de 2022, a mostra Retratos de Limercy Forlin: um recorte na história de Poços de Caldas chega a Belo Horizonte, no próximo dia 27 de outubro, na CâmeraSete - Casa da Fotografia de Minas Gerais, exibindo a produção do fotógrafo. A mostra, que se estenderá até 4 de fevereiro de 2023, reúne aproximadamente 7.500 imagens em preto e branco tiradas pelo fotógrafo ao longo de sua carreira em Poços de Caldas.
A mostra, que também conta com a parceria da Prefeitura, integra as comemorações dos 150 anos da cidade. 
 
Limercy Forlin (1921-1986) comandou seu estúdio fotográfico na cidade de Poços de Caldas entre 1958 e 1982, passando pelas suas lentes desde políticos e figuras conhecidas da região até profissionais liberais, operários e imigrantes. Também foi em seu estabelecimento que muitas mulheres tiraram suas primeiras fotografias para as carteiras de trabalho.
 
Em 2016, quando o Estúdio Fotográfico Limercy encerrou suas atividades em Poços de Caldas, os herdeiros do fotógrafo doaram seu acervo de negativos ao IMS. A coleção é composta por cerca de 400 mil negativos, em preto e branco e cromos, que foram arquivados no estúdio entre 1958 e 2002.
 
Um recorte desse vasto acervo, testemunho da história dos habitantes da cidade, é apresentado na mostra. Com curadoria de Teodoro Stein Carvalho Dias, a mostra reúne imagens do acervo do fotógrafo, sob a guarda do IMS desde 2016. A maior parte dos retratos foi tirada para ilustrar documentos da população, como RG e carteira de trabalho.
 
Para Sérgio Rodrigo Reis, presidente da Fundação Clóvis Salgado, é um orgulho para a instituição abrir suas portas para as produções artísticas dessa magnitude feitas no interior de Minas Gerais. “Temos imensa honra em receber o acervo desse importante artista mineiro e disponibilizá-lo para o público que, certamente, irá se identificar com a história e evolução de cada retratado. Nessa exposição, Poços de Caldas é representada pelos rostos de diversos moradores, mostrando que a fotografia por ela mesma deve ter o seu valor artístico reconhecido. Essa é, também, uma grande oportunidade para que a capital do estado se conecte aos diferentes modos de fazer artístico que marcam a diversidade cultural de Minas Gerais”, destaca. 
 
Sérgio também ressalta que a exposição é mais um marco na parceria entre a Fundação Clóvis Salgado e o Instituto Moreira Sales, importante para a pesquisa, difusão e preservação da fotografia brasileira, assim como a celebração dos 150 anos de Poços de Caldas, que tem início com a exposição na CâmeraSete. “É um momento simbólico para a Fundação Clóvis Salgado celebrar o aniversário de Poços de Caldas em Belo Horizonte. As ações de difusão da FCS pelo interior também são fortalecidas quando abrimos as portas da instituição para todo o estado”, pontua.
 
A Fundação Clóvis Salgado é integrante do Circuito Liberdade, complexo cultural sob gestão da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) que reúne diversos espaços com as mais variadas formas de manifestação de arte e de cultura em transversalidade com o turismo.
 
 “Ocupar a CâmeraSete com uma exposição de Poços de Caldas no ano do sesquicentenário é uma imensa alegria. Alegria maior ainda que seja ‘Retratos de Limercy Forlin’, literalmente a nossa cara, exposição mais representativa sobre o nosso povo. A curadoria foi tremendamente feliz ao conduzir a mostra pelas datas de aniversário, o que nos faz construir uma relação de afeto e reconhecimento”, enfatiza o secretário municipal de Cultura de Poços de Caldas, Gustavo Dutra. “É realmente um presente do Instituto Moreira Salles e da Fundação Clóvis Salgado para a cidade nesses 150 anos estarmos no hipercentro da capital Belo Horizonte, no coração de Minas. Ao abrir as portas do Circuito Liberdade, a SECULT-MG recebe a cultura e a arte poços-caldense, fortalecendo e valorizando nosso sentimento de pertencimento, identidade e conexão”, completa.
 
Ministério do Turismo, Governo de Minas Gerais, Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, por meio da Fundação Clóvis Salgado e do Instituto Moreira Salles, apresentam a exposição, que tem correalização da APPA - Arte e Cultura e patrocínio máster da Cemig, ArcellorMittal, AngloGold Ashanti e Usiminas, por meio das Leis Estadual e Federal de Incentivo à Cultura. 
 
 
SERVIÇO:
RETRATOS DE LIMERCY FORLIN
Local: CâmeraSete - Casa de Fotografia de Minas Gerais  
Endereço: Av. Afonso Pena, 737, Centro
Data: 28 de outubro de 2022 até 4 de fevereiro de 2023
Horário: de terça-feira a sábado, das 9h às 21h
Informações para o público: (31) 3236-7400

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.