Brand-News Publicidade 1200x90
Brand-News Publicidade 728x90
16/09/2022 às 16h00min - Atualizada em 16/09/2022 às 16h00min

Exposição experimental “Cicatrizes”: ação artística e sua relação com a Saúde Mental

FONTE E FOTO: Karime Navarro
C 
Na próxima segunda-feira, 19 de setembro, às 19h, no auditório do IFSULDEMINAS - Campus Poços de Caldas, acontece a abertura oficial da exposição "Cicatrizes: Percursos de composição visual híbridos e interativos sobre Saúde Mental”.
 
A iniciativa foi desenvolvida através do patrocínio da Secretaria de Cultura de Poços Caldas, via recursos do edital nº2/2022.
 
A abertura da exposição contará ainda com a realização de uma roda de conversa relacionada à temática da Saúde Mental mediada pela psicóloga Juliana Di Lorenzo e pelo assistente social em atuação na instituição base da ação, Fábio Geraldo de Ávila, sendo esta direcionada a toda comunidade acadêmica e externa.
 
O projeto desenvolvido pelas fotógrafas Karime Navarro e Lior Dal’oor e a artista têxtil Bia Telles consiste em uma ação artística experimental, composta por três principais fases de ações. Na etapa inicial, ensaios fotográficos foram produzidos e suas imagens resultantes sobre a temática Saúde Mental foram impressas no tecido canvas sobre algodão. Em etapa intermediária, estes registros foram perfurados por fios que fluíram entre bordados, tramas, entrelaces, teias, emaranhados, nós, ninhos, gerando metaforicamente os trajetos da vida humana. Na etapa final, as intervenções dos fios foram em parte desfeitas e conciliados com outras linguagens de modificações fotográficas híbridas, conduzindo o trabalho para que se perceba que os seres carregam cicatrizes simbólicas de vários tamanhos, formatos e profundidades, e que os cursos da vida evoluem depois das escolhas e trajetos percorridos, com suas marcas consequentes.
 
As imagens que serão expostas ao público serão estas, as “cicatrizadas”. Cada uma destas obras porém, trará um QR Code lateral, para garantir o fator de interatividade, o que permitirá que se conheça a fase anterior, marcada apenas pela presença dos bordados sem outras marcas e intervenções agregadas, em alusão aos múltiplos processos que integramos no percurso de existir.
 
“Através do entrelaçamento de linguagens que aproximam a fotografia e o bordado enquanto ferramentas tanto estilísticas quanto narrativas, a exposição intenciona apresentar ao público, reflexões imageticamente delineadas sobre o drástico panorama enfrentado pelo Brasil em relação aos tópicos associados à Saúde Mental, principalmente após o influxo dos contextos pandêmicos”, explica Karime Navarro. Segundo ela, esta proposta também pretende se afirmar enquanto uma iniciativa artística voltada a fortalecer as ações da campanha Setembro Amarelo em prol da prevenção contra o suicídio, visto que, a exposição será aberta à visitação justamente neste mês.
 
O campus local do IFSULDEMINAS fica na Av. Dirce Pereira Rosa, 300 - Jardim Esperança.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.