Brand-News Publicidade 1200x90
Brand-News Publicidade 728x90
14/09/2022 às 16h01min - Atualizada em 14/09/2022 às 16h01min

Bombeiros são homenageados em exposição no Shopping Poços de Caldas

FONTE: Juliano Silva Comunicação & Eventos - FOTO: Gabriel Brandão
C 
Mostra fotográfica destaca atuação do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais durante a tragédia de Brumadinho
 
Uma exposição no Shopping Poços de Caldas reúne diversas fotos para homenagear o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, que realiza em Brumadinho a maior operação de busca e salvamento de sua história - iniciada em janeiro de 2019 e ainda não encerrada. A mostra está montada próxima à entrada principal do centro de compras e pode ser visitada até o dia 9 de outubro.
 
Através de 35 imagens, o fotógrafo Gabriel Brandão revela o que viu durante os oito dias em que teve a oportunidade de acompanhar as primeiras movimentações em busca de sobreviventes e de identificação dos mortos: momentos de dor, indignação e revolta, entremeados pela esperança de familiares e amigos no trabalho realizado pelos bombeiros.
 
“A fotografia é minha maneira de gritar, de protestar contra a barbárie humana. De lutar pela mudança desse sistema desumano em que se encontra nossa sociedade. A vida não é assim, ela está assim. Um outro mundo é possível e urgente”, diz Brandão, acrescentando que a exposição se apresenta também como uma homenagem à atuação incansável dos bombeiros nessa imensa tragédia.
 
OPERAÇÃO - A tragédia de Brumadinho é considerada a maior já ocorrida por rompimento de barragens de mineração no Brasil e uma das maiores do mundo. A avalanche de rejeitos da Mina Córrego do Feijão causou a morte de 270 pessoas e devastou uma grande área de vegetação remanescente de mata atlântica.
 
O trabalho dos bombeiros foi iniciado logo após o rompimento, em 25 de janeiro de 2019, e segue até os dias de hoje, totalizando mais de 1.300 dias de operação, que já teve a atuação de centenas de militares, de diversas cidades de Minas Gerais, incluindo Poços de Caldas. Atualmente o grupo conta com o apoio de mais de 100 equipamentos e maquinários em busca das "joias de Brumadinho" - como os bombeiros se referem aos 4 desaparecidos.
 
“Este é um triste e lamentável capítulo da história de Minas Gerais e das famílias que tiveram suas vidas afetadas pela tragédia de Brumadinho”, comenta Dennison Coelho, superintendente do Shopping Poços de Caldas. “E além de chamar a atenção para que casos como esse não voltem a acontecer, a exposição tem o papel de reconhecer a dedicação e o empenho de todos os bombeiros que atuaram e ainda atuam nesta ação.”
 
FOTÓGRAFO - Fotógrafo, desenhista, professor de desenho e diretor de fotografia. O carioca Gabriel Monteiro vive em Juiz de Fora e trabalha como fotógrafo independente. É formado em Fotografia pela antiga Escola Ateliê da Imagem Espaço Cultural, em Desenho e Pintura pelo Ateliê Marcelo Casali e em Direção de Fotografia, pela Academia Internacional de Cinema.
Seus trabalhos já foram vistos em diversas exposições, como FLIMINAS (Rio Novo, 2018), Museu de Arte Murilo Mendes - MAMM (Juiz de Fora, 2019), Córrego do Feijão (Brumadinho, 2019), Centro Cultural Bernardo Mascarenhas - CCBM (Juiz de Fora, 2019), Sede do 3º Comando Operacional de Bombeiros (Juiz de Fora, 2019), Teatro Paschoal Carlos Magno (Juiz de Fora, 2020) e 6º Comando Operacional de Bombeiros em Poços de Caldas (2022).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.