16/08/2022 às 15h55min - Atualizada em 16/08/2022 às 15h55min

Pinacoteca de São Paulo aborda experiências urbanas em nova mostra com obras de Andy Warhol, Berenice Abbott e Edward Hopper

FONTE: Vanessa Beltrão - [email protected] - FOTO: ©Museum Associates/LACMA
Obra Pepita, 1917, de Robert Henri
C 
Pelas ruas: vida moderna e experiências urbanas na arte dos Estados Unidos. 1893-1976 reúne 150 obras de 78 artistas; exposição é realizada em colaboração com a organização Terra Foundation for American Art
 
A Pinacoteca de São Paulo inaugura a exposição Pelas ruas: vida moderna e experiências urbanas na arte dos Estados Unidos1893-1976em colaboração com a organização Terra Foundation for American Art, no edifício Pina Luz. A mostra reúne 150 obras, de 78 artistas, dentre eles, reconhecidos nomes da arte norte americana, como Andy Warhol, Edward Hopper, além de trabalhos de Charles White, Emma Amos, George Nelson Preston, Jacob Lawrence e Vivian Browne, entre outros.
 
A curadoria é de Valéria Piccoli, curadora-chefe da Pinacoteca; Fernanda Pitta, professora assistente do MAC-USP e curadora da Pina até maio de 2022, e Taylor L. Poulin, curadora-assistente da Terra Foundation. Em um ano em que se celebra o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, o museu examina como a ideia de modernidade é elaborada nas artes visuais também fora do Brasil, especificamente nos Estados Unidos, que durante o século 20 constrói sua reputação como referência no cenário cultural mundial.
 
As obras em exposição datam de 1893 - ano da Exposição Universal, em Chicago, nos Estados Unidos, evento que marca a primeira vez que o Brasil se apresenta internacionalmente como um país republicano e alinhado com os valores políticos dos EUA - até 1976, celebração do bi-centenário da independência americana.
 
A mostra explora os modos como a modernidade se manifesta na produção artística norte-americana a partir das transformações das cidades e da observação dos ritmos e dinâmicas da vida nos grandes centros urbanos. Em Pelas Ruas, a multiplicidade dos trabalhos exibe um ambiente urbano que é ao mesmo tempo um lugar de encontro, entretenimento, multidões, mas também de segregação, solidão, conflitos, reivindicações sociais. A seleção contempla muitos artistas afro- americanos, mulheres e também um indígena.

A lista dos trabalhos inclui empréstimos vindos de 16 importantes instituições culturais como o Whitney Museum of American Art, Nova York (EUA); Los Angeles County Museum of Art, Los Angeles (EUA), o Museum of Contemporary Art Chicago, Chicago (EUA); International Center of Photografhy, Nova York (EUA); a própria Terra Foundation for American Art, entre outros. Grande parte são pinturas e gravuras, ao todo 80 trabalhos. A totalidade se completa com fotografias. Destaque para as imagens de Berenice Abbott, Diana Davies, Gordon Parks, Robert Frank e Walker Evans.

A curadoria contemplou obras de um elenco de artistas mais diversificado com alguns nomes até desconhecidos no cenário brasileiro. A organização expositiva ocupa sete salas do primeiro andar do edifício Pina Luz e as obras estão divididas em 7 núcleos. Esta exposição e seus programas são resultado da parceria e do generoso apoio da Terra Foundation for American Art.
 
SERVIÇO:
Pelas ruas: vida moderna e experiências urbanas na arte dos Estados Unidos. 1893-1976
Período: 27.08.2022 a 30.01.2023
Edifício Pinacoteca Luz – Praça da Luz, 02 – São Paulo (SP)
De quarta a segunda, das 10h às 18h
Ingressos no site da Pinacoteca
R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia-entrada) na bilheteria física ou no site do museu.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »