12/08/2022 às 15h58min - Atualizada em 12/08/2022 às 15h58min

Reflexão e relevo: exposição de xilogravuras no Arte Ziriguidum

FONTE: Aline Bueno - [email protected] - FOTOS: Divulgação
Obra de Katia Ostermayer Carneiro
c 
Arte Contemporânea de Rafael da Mata e Katia Ostermayer se encontram no ofício milenar de gravar em madeira
 
Entre 13 de agosto e 13 de outubro, acontece no Espaço Cultural e Galeria Arte Ziriguidum a exposição Reflexão e Relevo, de Rafael da Mata e Katia Ostermayer Carneiro. Os artistas apresentam uma série de obras em xilogravura, frutos da experimentação e do estudo do ofício milenar de gravar em madeira e imprimir imagem.
 
Rafael da Mata, natural de Poços de Caldas, cursou Artes Visuais na Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais, onde se apaixonou pelos processos e desafios da xilogravura. Durante a busca dos materiais necessários para montar seu ateliê, passou alguns anos atuando com restauração de igrejas em cidades como Tiradentes e Belo Horizonte, fazendo aplicações em folhas de ouro. Durante esse tempo conseguiu adquirir a tão sonhada prensa, maquinário difícil de se encontrar, visto que não há fabricação no Brasil. As ferramentas também foram adquiridas aos poucos, vindas do exterior. Rafael retornou a Poços durante a pandemia, estando pela primeira vez com todos os recursos necessários para trabalhar com a xilogravura em sua oficina e ateliê.
 
Foi nesse período que conheceu Katia Ostermayer Carneiro, também natural de Poços de Caldas. Katia havia recentemente iniciado sua formação na Academia de Ilustração e Design de Berlin, na Alemanha, quando precisou retornar ao Brasil devido às dificuldades enfrentadas em todo o mundo por conta da Covid 19. Enquanto cursava seus estudos online, conheceu Rafael e iniciou sua jornada pela xilografia sob sua mentoria.
 
Assim como Rafael, Katia se encontrou intrigada pelas possibilidades da arte na perspectiva de todos os processos da xilogravura, que incluem preparar materiais, tratar a madeira, ilustrar, entalhar, gravar e imprimir. Enquanto ele cita com entusiasmo o desafio de trabalhar com um ofício moroso, que parte de uma forma incomum de pensar a obra, desenhando e gravando tudo “ao contrário” do que será a gravura final, ela se empolga com a curiosidade de encontrar a surpresa do resultado final, depois de cada camada de trabalho impresso.
 
Da relação com os materiais à criação de cada etapa, do tempo de cada processo e do cuidado de pensar, gravar, imprimir e encontrar, entre buscar, experimentar, "errar" e se surpreender, ficaram as imagens que refletem os caminhos que Katia e Rafael percorreram. A arte, gravada e impressa, também é processo vivo.
 
A exposição acontece em parceria com a Carvalho Agência Cultural, integrando a programação da Mostra Integrada de Artes - MIA  (que acontece entre 11 e 14 de agosto). Rafael expõe xilogravuras na MIA pela segunda vez, e Katia realizou sua primeira exposição individual no Arte Ziriguidum em março de 2020. Ambos compõem um vasto corpo de artistas contemporâneos de nossa cidade.
 
Essa abordagem de parcerias e fortalecimento nas artes de Poços de Caldas é amplamente abraçada pela conduta de Dalmoni Lydijusse, artista plástica à frente do Arte Ziriguidum, que há 19 anos promove encontros com a arte como potencial de transformação. Curadora da exposição Reflexão e Relevo, Dalmoni faz um convite a todos para conhecerem a xilografia na contemporaneidade.
 
A vernissage acontece neste sábado, dia 13 de agosto, das 16h às 19h. Todas as obras expostas estarão à venda no local.
 
 
SERVIÇO:
ARTE ZIRIGUIDUM
Rua Ouro Preto 102
Telefone: 35 3715.3534
Instagram: @arteziriguidum

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »