10/08/2022 às 15h53min - Atualizada em 10/08/2022 às 15h53min

Prêmio de Música das Minas Gerais estará pela primeira vez em Poços de Caldas

FONTE: Bibi Rodriguez - FOTO: Divulgação
Guiambê, 3º lugar em 2021, concorre novamente na seletiva de Poços de Caldas
c 
Patrocinada pela Claro, a 9ª edição do Festival realiza seletiva regional com transmissão ao vivo. A cidade tem cinco representantes
 
Guaimbê, Mununu, Pedro Cezar, Nego Moura & os Camarás representarão Poços de Caldas na 9ª edição do Prêmio de Música das Minas Gerais. O Festival realizará seletiva regional na cidade, neste sábado, dia 13 de agosto, no Teatro Benigno Gaiga, com transmissão ao vivo pelo canal do Prêmio www.youtube.com/premiodemusicaminas.
 
Poços de Caldas recebe a 4ª classificatória do Festival, que tem por objetivos agregar valor à produção musical mineira, descobrir e revelar novos talentos, além de servir de vitrine para os músicos de Minas Gerais. Da cidade, o grupo Gaimbê conquistou o 3º lugar em 2021 e Mununu foi finalista na mesma edição. Além deles, sobem ao palco da Urca artistas de Bandeira do Sul, Andradas, Pouso Alegre, Ouro Fino, Patos de Minas e Itajubá.
 
A lista completa de todos os artistas desta edição está publicada no site www.premiodemusicaminas.com.br. As músicas concorrentes podem ser ouvidas na mesma página, na Rádio Web do Prêmio, e também será possível conferir as edições anteriores. Nas redes sociais @premiodemusicaminas, as informações são atualizadas diariamente e onde, inclusive, são publicados os resultados das seletivas realizadas até o momento: Montes Claros, Divinópolis e Juiz de Fora.
 
Ao todo já foram classificadas nove músicas. Em Poços de Caldas serão classificadas mais três composições que estarão na lista das 15 finalistas de 2022. A Grande Final está marcada para o dia 02 de setembro, no Sesc Palladium, em Belo Horizonte. “Mas antes disso, o Festival passará ainda por Uberlândia, no dia 27 de agosto”, revela Marcílio Alves, diretor de comunicação do Prêmio de Música das Minas Gerais.   
 
A comissão julgadora do Prêmio é formada pelos curadores do Prêmio, Emílio Pieroni e Guilherme Castro, músicos e produtores musicais e por mais dois jurados convidados. Em Poços de Caldas farão parte da banca a musicista, professora de canto, regente, produtora e gestora cultural, Raquel Mantovani e o músico e produtor musical Alexandre Almeida.  
 
Os 60 compositores, bandas e músicos selecionados entre os quase 550 inscritos em 2022 se apresentarão em classificatórias regionais que acontecerão em cinco cidades mineiras. De cada uma delas serão selecionadas três músicas, totalizando 15 para a Grande Final.
O Prêmio de Música das Minas Gerais 2022 vai contemplar três vencedores com premiações em dinheiro, sendo o 1º lugar R$ 10.000,00, o 2º lugar R$ 7.000,00 e o 3º lugar R$ 5.000,00. Além disso, todas as músicas finalistas ganharão uma faixa no CD/Álbum Digital que será criado para a edição deste ano.
A comissão julgadora é formada pelos curadores oficiais do Festival, Emílio Pieroni e Guilherme Castro e, ainda, por jurados locais, patrocinador e convidados, que assistirão as apresentações presencialmente.
O Prêmio de Música das Minas Gerais 2022 é viabilizado com recursos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, com o patrocínio da Claro, gestão da Espaço Ampliar - Assessoria, Projetos e Eventos, produção da Trium Brasil e Aline Ferreira Produções. Em Poços de Caldas, recebe o apoio da Secretaria Municipal de Cultura.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »