04/08/2022 às 16h02min - Atualizada em 04/08/2022 às 16h02min

No mês do Patrimônio, concurso quer premiar fotos que registram patrimônios de Minas

FONTE: Laura de Las Casas - [email protected]
Concurso é uma parceria entre o Observatório Lei.a e a Coordenadoria das Promotorias de Justiça de Proteção do Patrimônio Cultural (CPPC). Prêmios irão para os melhores em três categorias: patrimônio material, imaterial e pontos turísticos de Minas Gerais
 
O Observatório de Comunicação Ambiental (Lei.A) se juntou à Coordenadoria das Promotorias de Justiça de Proteção do Patrimônio Cultural do Ministério Público de Minas Gerais (CPPC/MPMG) para anunciar a segunda edição do concurso “Fotografar para preservar”. A ação é voltada para fotógrafos profissionais e amadores, premiando três fotos que tenham ligação com a temática do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural e o Turismo em Minas Gerais. Desta vez, quem quiser concorrer deve publicar a foto em seu perfil pessoal do Instagram e seguir alguns outros pontos do regulamento. 
A continuidade do concurso pretende seguir estimulando os cidadãos e cidadãs a revelarem suas memórias, registrando objetos de sua própria história e da cidade onde vivem, fortalecendo o conceito de “patrimônio afetivo”.
As inscrições irão do dia 19 ao dia 7 de agosto. O resultado com os vencedores será anunciado no dia 16 de agosto nos perfis do Lei.A e do CPPC/MPMG no Instagram.
 
O concurso se divide nas categorias: Bens culturais materiais protegidos, Bens culturais imateriais protegidos e Pontos culturais, turísticos e afetivos das cidades mineiras. Cada uma das categorias terá um vencedor. Entre os três vencedores das categorias, será eleito o vencedor geral, que ganhará um Apple Watch ou kit (1 fone Bluetooth/1 mini impressora/1 power bank). Os demais vencedores ganharão, cada um, 1 fone Bluetooth/1 hd externo de 1T/1 power bank.  
 
Para participar os interessados deverão:
1- Publicar suas fotos no seu perfil pessoal do Instagram. É importante que o perfil esteja aberto. 
2- Marcar a #fotografarparapreservar, marcar e seguir os perfis da CPPC (@patrimoniocultural.mpmg) e do Observatório Lei.A (@leiaobservatorio) no Instagram, além de marcar a #fotografarparapreservar; 
3- Descrever a que se refere a fotografia e citar sua ligação com o local, objeto ou a manifestação cultural fotografada. 
4- Citar em qual das três categorias a fotografia se enquadra.
 
Uma Comissão Avaliadora será formada por fotógrafos profissionais com comprovada atuação no setor, além de membros da CPPC e do Lei.A. Os trabalhos do concurso serão avaliados dentro dos seguintes critérios: criatividade, qualidade estética, relevância e adequação ao tema proposto pelo concurso. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »