14/04/2022 às 15h32min - Atualizada em 14/04/2022 às 15h32min

Senac participa da Festa do Azeite Novo, em Maria da Fé, com programação exclusiva

FONTE: Mateus Santos | Rede Comunicação - FOTO: Divulgação/ Festa do Azeite Novo
C 
Serão realizadas palestras e apresentação de um menu completo, com foco no azeite novo produzido em MG, expoente em qualidade no mundo todo, entre 15 e 17 de abril
 
Nem português, espanhol ou italiano: o melhor azeite é o azeite novo, e podemos encontrá-lo aqui em Minas Gerais. O azeite novo é um processamento que acabou de ser colhido das azeitonas, sem deixar que elas fiquem maduras demais. Para a especialista educacional do Senac e historiadora gastronômica Vani Pedrosa, o azeite novo é a forma em que o ingrediente apresenta seu melhor momento nutricional e de sabor, pois é quando ele acaba de sair da prensagem, feito com a safra do ano, diferente dos azeites tradicionais, que tem o envase para uso entre 18 e 36 meses depois.
 
Com o objetivo de celebrar essa produção e impulsionar a cultura do azeite envolvendo toda a cadeia produtiva, da agricultura, gastronomia e turismo da região, a Festa do Azeite Novo chega à sua terceira edição e será realizada entre 15 e 17 de abril, em Maria da Fé. Participante desde a primeira edição, o Senac é parceiro do evento, com programação exclusiva.
 
“Ao contrário do que muitos pensam, o azeite é produzido desde o século XVIII em Minas Gerai,s é um produto histórico no estado. Por isso, nosso estado se coloca na posição de vanguarda em fazer esse trabalho de impulsionamento e valorização do azeite novo, que pela sua forma de produção, é um produto exclusivo. É uma honra para o Senac participar dessa celebração, junto com a cidade de Maria da Fé, atingindo várias outras localidades do território na colocação desse produto. O momento torna o evento ainda mais especial, justamente a época da Semana Santa, em que tradicionalmente o azeite é mais usado, pelas suas ligações históricas e ritualísticas”, explica a especialista educacional Vani Pedrosa.
 
DIVERSIDADE DE SABORES NA PROGRAMAÇÃO - A programação da Festa do Azeite Novo contempla visita às propriedades, palestras, cursos e minicursos. Para o evento, o Senac conta com a equipe do Programa Primórdios da Cozinha Mineira, iniciativa que já dura cinco anos e trabalha no resgate e valorização histórica, cultural e econômica da gastronomia e turismo de Minas Gerais. As várias formas do uso do azeite novo serão trabalhadas durante todo o evento.
 
Em 16 de abril, no sábado, ocorre o 2º Concurso Azeite no Prato, das 12h às 18h, na Fazenda Maria da Fé. O chef Executivo do Senac, Luciano Avellar, participa da ação em que estudantes e profissionais de gastronomia fazem pratos com azeite novo. “É um azeite bem diferente, bem picante, de sabor bem marcante. Então também é necessário possuir técnicas especiais para o conhecimento e uso desse azeite, com todas as propriedades para saúde e sabor que ele pode oferecer”, comenta o chef.
 
Ainda na Fazenda Maria da Fé, ocorrerá o Jantar Comemorativo do Azeite Novo da Mantiqueira - Safra 2022, às 20h. O chef Executivo do Senac Ronie Peterson vai preparar um jantar completo, com entradas, prato de principal, sobremesa e outros detalhes. Todo o menu foi elaborado trabalhando o azeite novo com diversos produtos e insumos. O momento terá o formato de festim, com atrações culturais. Para a programação já foram fechados os ingressos.
 
Também no sábado, às 17h, no Centro Cultural, o docente do Senac Maicon Rodrigues guiará uma aula comparativa entre azeites. O objetivo será mostrar o valor do azeite novo em comparação com outras produções do ingrediente, experimentando o produto em aspectos sensoriais e executando diferentes aplicações e combinações, como doces, com bebidas, com sal, entre outras.
 
Já no domingo, dia 17, a especialista educacional Vani Pedrosa e o chef Luciano Avellar conduzirão uma Aula Show com o tema “Rota Gastronômica da Mantiqueira: a experiência com o Azeite Novo”. O objetivo é trabalhar o ingrediente como potencial turístico e econômico: “O turista deverá conhecer na Mantiqueira a rota do azeite, onde viverá não só a e experiência do processo produtivo do azeite, mas terá também a possibilidade de conhecer in loco o azeite novo, produto que está causando uma revolução mundial na forma de consumir o azeite. Esse trabalho de aproveitar o período do ano e o tempo de maturação dos olivais para promover o azeite novo e de inserir diferencial pra as rotas turísticas do território deve acontecer não só em Maria da Fé, mas também em outros municípios da região, como Poços de Caldas, Delfim Moreira, algumas cidades de São Paulo, entre outras”, explica Pedrosa.
Com exceção do Jantar Comemorativo, as ações são abertas ao público e não será necessário inscrição prévia.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp