07/04/2022 às 15h34min - Atualizada em 07/04/2022 às 15h34min

Museu Judaico de São Paulo oferece programação cultural e educativa no mês de abril

FONTE: a4&holofote comunicação - FOTO: Divulgação
Lançamento do catálogo da exposição "Da Letra à Palavra"
c 
O programa Educação e Participação propõe oficinas, visitas mediadas e ciclo de formação
 
A programação do Museu Judaico de São Paulo (MUJ) no mês de abril conta com visitas, oficinas e ciclo de formação. As atividades são presenciais e gratuitas com agendamento prévio ou garantindo o ingresso pela Sympla. 
 
A mostra "Da Letra à Palavra" tem curadoria dos artistas Lena Bergstein e Sergio Fingermann, e propõe uma investigação plástica sobre a arte e a escrita, a imagem e a palavra - este, sendo um elemento fundamental da cultura judaica -, a partir da reunião de 32 artistas da arte contemporânea brasileira, como Arthur Bispo do Rosário, Beatriz Milhazes, Carmela Gross, Anna Maria Maiolino, Anna Bella Geiger, Arnaldo Antunes, Artur Lescher, Carlos Vergara, Denilson Baniwa, Shirley Paes Leme e Paulo Pasta, entre outros. A exposição fica em cartaz até o dia 10 de abril.

O MUJ também recebe a oficina Escrever e ler Da letra à Palavra com o artista plástico Fábio Morais, que propõe um exercício de fabulação dialógica com a exposição em cartaz, além de sua expansão para a dimensão sonora. São três encontros que englobam visitas, discussões, análises e produções, com o intuito de produzir um texto que dialogue com a exposição.
 
O quinto encontro do Ciclo de Formação MujTur para profissionais do turismo, com Leonardo Moreira, que acontece no dia 14 de abril, quinta-feira, apresenta o calendário judaico e as festas agrícolas: PessachShavuot e Sucot.
 
As Visitas Mediadas, acompanhadas de educadores-mediadores, acontecem de terça-feira a domingo. Há também a possibilidade de visitar de forma acessível em LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), além de participar da Visita Teatralizada, que abre as portas da imaginação do público e realiza uma viagem no tempo com os educadores-atores, atravessando e rememorando os espaços e trajetos do museu. A programação inclui leituras compartilhadas do projeto Livro Vivo, na qual o público se envolve nas histórias e temáticas das exposições em cartaz acompanhado de um leitor experiente.
 
As atividades também exploram o universo infantil, trazendo a Contação de Histórias - que, por meio de objetos, adereços e músicas, os educadores exploram a tradição judaica e abordam temas que dialogam com os conceitos do museu.
 
As visitas estão disponíveis para o público em geral, escolas, ONGs, empresas de turismo, entre outros. Para agendar as visitas ou obter mais informações, o e-mail para contato é agendamento@museujudaicosp.org.br.
 
O MUJ conta com patrocínio da Fundação Arymax, Antonietta e Leon Feffer, Sergio Zimerman, Banco Itaú, Banco Safra, Instituto Cultural Vale, Lilian e Luis Stuhlberger | Verde Asset Management, Hapvida, entre outros apoiadores.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp