09/03/2022 às 14h41min - Atualizada em 09/03/2022 às 14h41min

Coletivo cria petição para nomear Ambulatório Trans de Celso Patelli

FONTE: Jéssica Balbino - FOTO: Paulo Tothy
Celso Patelli atuava com direitos de pessoas trans, travestis e população LGBTQIA+ há anos, tendo inclusive uma dissertação de mestrado sobre o tema
C 
TranspareSer pede que Centro de Referência de Cuidados Transespecíficos receba o nome do psicólogo e ativista que faleceu em fevereiro
 
O grupo TranspareSer, que visa ajudar, esclarecer e dar apoio a transexuais e travestis de Poços de Caldas e região iniciou, nesta terça-feira (8), uma petição pública para que o Centro de Referência de Cuidados Transespecíficos, conhecido popularmente como Ambulatório Trans, receba o nome de Celso Patelli. Na petição, os integrantes do grupo pedem à Prefeitura Municipal de Poços de Caldas, através da Secretaria Municipal de Saúde, o nome de Celso Patelli para o espaço, recém-inaugurado na cidade através dos esforços e sonhos do mesmo, que faleceu no último dia 19 de fevereiro.
 
Na carta, o grupo explica a importância. “Celso Patelli foi um grande entusiasta dos direitos das pessoas trans e LGBTQIA+ e, através do trabalho como psicólogo e psicanalista, participou ativamente da criação e instalação do Centro de Referência de Cuidados Transespecíficos, também conhecido por Ambulatório Trans, em Poços de Caldas. Tão logo se deu a abertura do espaço, Celso faleceu, não podendo, enfim, executar o que sonhou”, esclarecem.

Em poucas horas após a divulgação, a petição já contava com quase 300 assinaturas. O grupo não definiu uma meta, mas entende que quanto mais pessoas assinarem, maior a expressão de Celso e da necessidade do Ambulatório Trans para o município. “Com isso, também reafirmamos o quão importante é, para a cidade, a existência e permanência do Ambulatório Trans”, acrescentam.
 
QUEM É CELSO PATELLI - Celso Patelli atuou na área de Psicologia Social, como psicólogo da Secretaria Municipal de Promoção Social, tendo trabalhado também na coordenação de CRAS e Centro POP. Foi professor no curso de Psicologia e Direito da Faculdade Pitágoras, conselheiro do Conselho de Direitos da Criança e do Adolescente e psicanalista membro do Núcleo de Estudos em Psicanálise e Educação (Nepe).
Contribuiu com grande relevância para a defesa de direitos da população LGBTQAI+ no sentido de oferecer mais dignidade a quem se vê vulnerabilizada socialmente, por meio do estabelecimento de uma política pública específica de cuidado transformador que lhe devolva a condição de cidadã. Neste sentido destaca-se sua luta pela criação recente do Centro de Referência em Cuidados Transespecíficos (CRCT), no município de Poços de Caldas, com protocolos de atendimento especial para pessoas transexuais a partir da capacitação dos diversos setores parceiros da rede para oferecer além de atendimentos, procedimentos e atividades de educação em saúde, com ganhos simbólicos para as pessoas. O serviço conta com uma equipe multidisciplinar composta por psicóloga(o), assistente social, médico, educador físico, enfermeiro, nutricionista e estagiária(o) de Psicologia.
 
O QUE É O AMBULATÓRIO TRANS - A Prefeitura de Poços de Caldas divulgou, na última semana de janeiro - quando da comemoração do Dia da Visibilidade Trans - o funcionamento do Ambulatório na cidade. Na data, o município destacou que reconhecia a necessidade de atendimento específico e exclusivo para pessoas trans e informou que o protocolo prevê o fluxo de atendimento da pessoa transexual nos equipamentos de saúde já existentes, bem como a criação de um ambulatório no novo serviço de referência que promova cuidados especializados, como hormonização, psicoterapia e promova a capacitação dos diversos setores parceiros da rede.
Atualmente, o serviço segue em fase de estruturação, mas já está em pleno funcionamento de segunda a sexta, das 13h às 18h, na Rua Araguaia, 259 - Jardim dos Estados.
O atendimento é de portas abertas ou através de encaminhamento feito pela Unidade Básica de Saúde. O ambulatório conta com uma equipe multidisciplinar composta por psicólogo, assistente social, médico, educador físico, enfermeiro, nutricionista e estagiário de psicologia.
 
Para conhecer e assinar a petição: bit.ly/AmbulatorioCelsoPatelli
Para conhecer o TranspareSer: https://www.instagram.com/transpareser.pc/ 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp