25/02/2022 às 16h13min - Atualizada em 25/02/2022 às 16h13min

Exposição “Coleção José Ranauro: Vistas da Cidade” está em cartaz no Museu Histórico e Geográfico

FONTE: Secretaria Municipal de Comunicação Social da Prefeitura de Poços de Caldas - FOTOS: Lavínia Du Valle / Acervo da família
Particularidades da mostra são as legendas de cartolina amarela ou rosa coladas nas fotografias - Foto: Lavínia Du Valle
c 
Quer dar uma olhadinha em como era a Avenida Francisco Salles ainda sem calçamento ou conhecer a antiga praça onde hoje está o prédio das Thermas Antônio Carlos? Então, você precisa visitar a exposição “Coleção José Ranauro: Vistas da Cidade”, em cartaz no Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas, lançada nesta semana e que segue durante todo o mês de março. 
 
José Ranauro era filho de imigrantes italianos e herdou da mãe, Rosa Bonadero Ranauro, a prática de um colecionismo curioso da cidade. Trabalhou como barbeiro e foi funcionário público ocupando cargo de fiscal de Caça e Pesca na Prefeitura Municipal de Poços de Caldas. Nasceu em 1908 e faleceu em 1983.
Em sua coleção de mais de 600 fotos, é possível perceber que ele se dedicava a colecionar imagens e recortes de jornais que contam a história de Poços de Caldas, não por ofício, mas por prazer. 
 
O conjunto de fotos possui características interessantes: a maioria pode ser identificada pelo seu nome escrito no centro da imagem ou um carimbo com suas iniciais que, além de identificarem a imagem, vêm acompanhados de comentários pessoais, números e setas indicativas na própria foto e creditados nas legendas de cartolina amarela ou rosa coladas nas fotografias. Essas legendas ocupam, sem dúvida, lugar de destaque na coleção. 
“Esses detalhes mostram que, mais que uma coleção de fotografias tradicional, as fotos são objetos pessoais e afetivos de seu proprietário, sem um objetivo claro de divulgação. Para essa exposição, entramos em contato com a família de José Ranauro para divulgarmos também imagens do fotógrafo”, destaca a coordenadora do Museu Histórico e Geográfico, Marina Andrade
 
COLEÇÃO JOSÉ RANAURO - No segundo semestre do ano passado, o Instituto Moreira Salles (IMS) doou ao Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas 48 obras impressas em lona referentes à exposição “Coleção José Ranauro - Um olhar diletante sobre a memória da cidade”, que esteve em cartaz no IMS nos anos de 2016 e 2017.
São 41 lonas de 0,70 x 0,55, seis lonas de 1,10 x 0,85 e uma lona de 1,40 x 1,05 que passaram a integrar o acervo fotográfico do Museu Histórico e Geográfico. “Para a exposição, fizemos um recorte com ênfase nas vistas da cidade”, informa Marina. 
 
HORÁRIOS:
A “Coleção José Ranauro: Vistas da Cidade” pode ser vista nos seguintes horários: 
De terça a sexta: das 10h às 16h
Sábados: das 14h às 17h
Domingos: das 10h às 13h


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp