01/07/2024 às 16h41min - Atualizada em 01/07/2024 às 16h41min

Argentina é bicampeã da ExpoQueijo Brasil

FONTE E FOTO: Daniel Nacati - [email protected]

 
País se iguala à Itália em número de títulos no maior evento de queijos das Américas
 
A Argentina levou pelo segundo ano consecutivo o principal prêmio da ExpoQueijo Brasil - Araxá International Cheese Awards, o maior evento do segmento nas Américas. O grande vencedor foi o Queijo 4 Esquinas, da Quesería Ventimiglia. O produto concorreu na categoria Queijo de leite de vaca pasteurizado, com tempo de maturação de mais de 365 dias e casca tratada. O produtor Mauricio Couly conta que a inspiração do produto vem da Suíça e que ele leva o nome da sua terra natal na Argentina.
 
“É um queijo que tem 26 quilos, feito com 250 litros de leite. Ele tem uma maturação especial, assim como na França e na Suíça. Tenho que lavar com salmoura, com bactérias especiais e isso dá um sabor, um cheiro especial à peça. A Patagônia também tem um terroir especial, então as características ficam de um queijo único”, explica Couly.
 
O produtor, que também venceu o concurso internacional no ano passado, conta que a premiação dá visibilidade mundial ao queijo. “Um prêmio como este é muito gratificante porque ajuda muito no posicionamento da marca. Agora estou fazendo uma queijaria maior. Este queijo fica um ano em maturação e para ficar bom como eu quero, necessito mais espaço. A expectativa de agora para frente, com esse novo título, são as melhores”, diz.
 
EMPATE - O segundo título da Argentina provocou um empate entre os maiores vencedores da ExpoQueijo Brasil. A Itália foi a vencedora das duas primeiras edições e a Argentina levou o prêmio principal em 2023 e 2024.
 
Apesar de não ter conquistado nenhum Super Ouro, o Brasil segue como o país mais premiado nas demais categorias. Neste ano foram 100 troféus: 32 de Ouro, 32 de Prata e 36 de Bronze. “Só temos que parabenizar todos os participantes e os campeões. Tenho certeza de que estes produtores que aqui estiveram vão voltar no ano que vem ainda mais fortes e, assim, vamos aumentando a qualidade do nosso produto e agregando valor a ele”, ressalta Thales Fernandes, secretário de Estado de Agricultura e Pecuária de Minas Gerais, estado com o maior número de medalhas no país.
 
MAIS REPRESENTATIVIDADE - Neste ano a ExpoQueijo Brasil - Araxá International Cheese Awards limitou o número de queijos inscritos. Foram aceitos 1.100 queijos. Apesar da redução, que garante condições ideais de armazenamento e julgamento dos queijos; o número de países participantes aumentou.
 
“Esse é um fato que merece ser analisado. Tivemos 14 países inscritos, o que demonstra o quanto o evento vem sendo cada vez mais reconhecido, em especial na América Latina e na Europa. Tenho certeza de que ano que vem teremos uma representatividade ainda maior porque já tivemos o contato de muitos outros países que já estão interessados em participar do concurso e estamos viabilizando para que estes queijos cheguem aqui”, revela a organizadora do evento, Maricell Hussein.
 
O concurso internacional tem a curadoria da EPAMIG - Instituto de Laticínios Cândido Tostes (EPAMIG ILCT), vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa). Ele segue regras internacionais e tem um sistema inédito que unifica as atividades do concurso, desde a inscrição das amostras, cadastro de jurados, avaliação dos queijos de acordo com os atributos sensoriais cadastrados, verificação das notas e dos medalhistas à emissão dos certificados.
 
EXPOQUEIJO BRASIL - Principal evento do segmento nas Américas, a ExpoQueijo Brasil 2024 - Araxá International Cheese Awards tem reconhecimento e participação dos principais países produtores, atraindo a atenção da comunidade internacional, de especialistas e da imprensa. O encontro conta com uma grande estrutura montada no pátio principal e nos luxuosos salões do Grande Hotel e Termas de Araxá, patrimônio cultural e histórico de Minas Gerais.
 
Neste ano, a ExpoQueijo foi realizada entre os dias 27 e 30 de junho com impacto positivo em diversas áreas, como o turismo, varejo, agropecuária, logística, indústria alimentícia e de suprimentos e relações internacionais.
 
O evento é realizado pela Bonare Eventos, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura; Ministério da Cultura, Governo Federal e da Lei Estadual de Incentivo à Cultura; Secretaria de Estado de Cultura e Turismo, Governo de Minas Gerais. Conta com o patrocínio da CBMM, Copasa, Cemig, McCain, Sebrae, Sistema Ocemg e Sicoob Crediara. Tem parceria com associações de produtores de queijos e apoio de todas as instituições de fomento do agronegócio, com destaque para o Ministério da Agricultura e Pecuária, por meio da Superintendência Federal de Agricultura MG; Governo de Minas, por meio da Seapa - Emater-MG, Epamig, IMA; Entreposto de Laticínios São Pedro, CCPR, Senar, Faemg e Prefeitura de Araxá. A Epamig - Instituto de Laticínios Cândido Tostes (EPAMIG ILCT), vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa) - Governo de Minas Gerais, é a entidade mantenedora da ExpoQueijo Brasil 2024.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.