Brand-News Publicidade 1200x90
02/05/2024 às 16h08min - Atualizada em 02/05/2024 às 16h08min

Cadê sua autenticidade? Instagram muda algoritmo e vai penalizar quem copia conteúdo

Por Carol Affonso - Comunicação Estratégica para Instagram
@carolonlline
Fotos: Reprodução Google
 
Mudança no algoritmo do Instagram não vai priorizar contas que republicam conteúdos de outros usuários. Rede social também terá novo sistema de recomendações do Reels
 
O Instagram anunciou no último dia 30 de abril atualizações no algoritmo que recomenda conteúdos na plataforma. A rede social informou que planeja recompensar conteúdos originais e aumentar a distribuição para contas menores. 
 
Segundo a empresa, os principais afetados pelas mudanças serão as contas que baixam vídeos e fotos de outros usuários e publicam o mesmo material no perfil. Os conteúdos duplicados serão removidos das recomendações em toda a plataforma. As mudanças começam a valer nos próximos meses. 
 
O Instagram disse que, historicamente, criadores com muitos seguidores e perfis que compartilham conteúdos republicados tiveram mais vantagem em termos de alcance nas redes sociais. As alterações no algoritmo ocorre sob a justificativa de oferecer condições iguais para alcançar o público. 
 
O alvo das mudanças são perfis conhecidos como “reposters em série”, ou seja, contas que publicam conteúdos de outros perfis mais de dez vezes em 30 dias. Conforme a plataforma, fotos e vídeos não originais não devem aparecer na aba “Explorar” do Instagram ou recomendações de feed principal. 
As contas afetadas podem voltar a ter suas postagens recomendadas 30 dias depois da última vez que republicaram o conteúdo de outros perfis. 
 
Em postagem no blog, o Instagram destacou que fotos e vídeos com acordos de licenciamento ou permissões de compartilhamento de criadores de conteúdo não serão afetados por essas mudanças. Além dessas medidas, a rede social trocará o conteúdo repostado pela postagem original do criador nas recomendações. 
 
A identificação de plágio ocorrerá a partir de um sistema que confere se os conteúdos são iguais “com base em sinais sonoros e visuais”. As substituições só serão realizadas quando o conteúdo original for “relativamente novo” e se o sistema detectar que as fotos ou os vídeos são idênticos. Quando as fotos e os vídeos originais tomarem o lugar das republicações nas páginas recomendadas da plataforma, os criadores receberão uma notificação avisando sobre o procedimento. 
 
Segundo o Instagram, as mudanças se aplicam apenas às recomendações. Sendo assim, o conteúdo republicado ainda ficará visível no perfil do agregador ou no feed. A plataforma também implementará um rótulo creditando o criador original pelo conteúdo. O recurso permite que o criador ou a conta que repostar a foto ou vídeo retirem o aviso se desejarem. 
 
O Instagram também anunciou que Reels com maior número de interações tinham mais chances de aparecer nas páginas de recomendações. Isso permitia que contas com maior número de seguidores geralmente tivessem maior alcance. Para resolver esse problema, apostará em um novo sistema. Os Reels publicados na plataforma passarão por uma série de testes. O sistema mostrará uma parte do conteúdo para um pequeno público que pode estar interessado no vídeo, seguidores do criador ou não. Conteúdos com melhor desempenho nesse grupo terão o vídeo exibido para um público maior.

 
 

 
 
*O Brand-News não se responsabiliza por artigos assinados por nossos colaboradores
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.