07/04/2021 às 15h28min - Atualizada em 07/04/2021 às 15h28min

Colesterol e hormônios

Dra. Camila Beltrame - dracamila.beltrame@yahoo.com
Figura meramente ilustrativa - Reprodução Google
.                      
Olá minha gente querida. Como passaram esses dias? Espero que bem e que assim como eu, bem!
 
Hoje quero contar uma historinha para vocês. É uma história real, portanto, fiquem de olhos bem abertos!
 
Certa vez atendi uma paciente jovem, no auge dos seus 29 anos. Ela apresentava uma alteração crônica nos seus níveis de colesterol e triglicérides. Vivia em constante e longa guerra para conseguir normalizar os níveis. Sempre se frustrando a cada exame realizado. Após nossa primeira consulta, tentei tranquilizá-la sobre os seus níveis. Eles estavam alterados, mas nem de longe me deixariam preocupada. Percebendo a dúvida e insegurança da paciente, fui explicar o motivo da minha tranquilidade. O que ela não sabia ainda, era que nos exames dela encontraríamos o motivo de ela sempre apresentar o seu colesterol elevado - mesmo usando medicação para reduzir os mesmos. 
A paciente, ao trazer seus exames, apresentava uma alteração na tireóide (dentro da avaliação da medicina funcional - que é um pouco mais exigente - falarei disso em outro momento). Para a alegria dela, conseguimos tratar e dar seguimento às consultas, com total resolução do problema do colesterol - sem remédios e, consequentemente, sem dores musculares, sem memória ruim, sem fraqueza, sem energia baixa - NUNCA MAIS.
E porque isso aconteceu? 
A maioria dos nossos hormônios usa o COLESTEROL como matéria-prima para serem produzidos. Caso você queira saber mais, tem um post sobre isso em meu Instagram @dracamila.beltrame, dá uma espiadinha lá! 
Quando o paciente tem, independente do motivo, qualquer disfunção que impeça a produção hormonal (como, por exemplo, uma doença da tireóide), começa a sobrar matéria-prima (colesterol).
 
Vamos para um exemplo prático: com a ajuda de uma máquina, estamos fabricando bolos. A máquina recebe a farinha, mistura os ingredientes, que são derramados em uma forma e levado ao forno para ficar pronto. Um belo dia a misturadeira estraga. O que acontece: sobra farinha... sobra toda a matéria-prima!  
Isso vale também para os nossos hormônios, que dependem do colesterol para serem produzidos - como os hormônios da tireóide, os hormônios sexuais e vários outros. Ficou mais fácil entender? 
 
Caso você sofra de problemas de colesterol elevado e não tem conseguido controlar os níveis, chegou a hora de dar uma investigada mais funda. Lembrando que o uso crônico de medicações para esses casos, só é indicado para pouquíssimas pessoas. A alimentação adequada (e não pense você que é só consumo de gordura) e hábitos de vida saudável conseguem resolver mais de 85% dos casos.
Fiquem de olho! Forte abraço e até breve.
 
 








*O Brand-News não se responsabiliza por artigos assinados por nossos colaboradores.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp