01/04/2021 às 16h50min - Atualizada em 01/04/2021 às 16h50min

NOTAS RÁPIDAS - 01/04

CONSTRUÇÃO CIVIL DEVE TER ALTA DE CRESCIMENTO EM 2021, O MAIOR PARA O SETOR EM OITO ANOS
 
A construção civil é conhecida no país como um setor de estabilidade na economia. No ano de 2020, em meio à pandemia e na onda de desemprego, foram criadas quase 17 mil vagas de empregos relacionadas à construção civil no Brasil, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).
A Câmara Brasileira da Indústria da Construção divulgou recentemente uma retrospectiva sobre o desempenho do setor da construção civil em 2020, e as projeções da Indústria em 2021 deverá ter o maior crescimento para o setor em oito anos: o segmento deve avançar 4% neste ano, depois de recuar 2,8% em 2020.
Caso a estimativa de crescimento do setor se confirme, essa será a maior expansão para a construção civil desde 2013, quando o setor tinha crescido 4,5%.
 
FONTE: MF Press Global
 
 
 
 
 
NOVA GERAÇÃO DE PIANISTAS REINVENTAM BEETHOVEN EM PROJETO ORIGINAL DA DEEZER
 
A música clássica tem ganhado cada vez mais fãs e se reinventado. Um dos compositores mais renomados desse gênero, Beethoven, até hoje é considerado um músico visionário, rebelde e autor de obras atemporais. Pensando nisso, a Deezer - serviço de streaming de música - convidou pianistas mundialmente famosos como Chilly Gonzales, Sofiane Pamart e Chloe Flower para celebrar o 250º ano de um dos compositores clássicos mais renomados da história, criando novas interpretações de suas obras-primas. Doze artistas contemporâneos deram seu próprio toque às peças clássicas para o " Beethoven Recomposed ", álbum que está disponível exclusivamente na Deezer, como parte da série "Deezer Originals".
O serviço está disponível com download gratuito para iPhone, iPad, Android e Windows ou na web em deezer.com.
 
FONTE: Victor Rocha - victor@agenciaecomunica.com.br
 
 
 
 
 
 
COOXUPÉ APRESENTA BALANÇO DE 2020
 
A Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé anunciou nesta quarta-feira, 31 de março, em assembleia geral ordinária, o balanço de 2020. Além de receber, durante o ano passado, premiações em espécie de programas de certificação, reconhecimento, qualidade do café e de restituição de capital, os cooperados receberão adicionalmente R$ 107 milhões em 2021, referentes às sobras geradas pelos resultados na ordem de R$ 325 milhões. Assim como a distribuição histórica, o faturamento também é recorde: R$ 5.030 bilhões.
O balanço do ano passado ainda apresenta o maior recebimento de café, total de 8,1 milhões de sacas, das quais 6,6 mi foram entregues somente pelos cooperados. O volume de embarques também atendeu às expectativas: 5,9 milhões de sacas de café destinadas para o Brasil e para o mercado internacional, sendo 4,9 milhões de sacas exportadas para 50 países em cinco continentes. Já a SMC Specialty Coffees, empresa controlada pela Cooxupé com atuação no mercado de cafés finos e especiais, exportou 95.650 sacas para países como Alemanha, Coreia do Sul, Itália e Japão.
 
FONTE: Phábrica - Assessoria de Comunicação
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp