27/03/2023 às 15h45min - Atualizada em 27/03/2023 às 15h45min

A melhor época do Chile começa agora

FONTE: AGÊNCIA TAO PRODUÇÃO E COMUNICAÇÃO LTDA - [email protected] - FOTOS: Divulgação
Matetic Bodega, localizada no Valle de San Antonio
C 
Wine Locals lança experiências no Chile para a temporada que começa em abril
 
Um país que vem fazendo história pela qualidade de seus vinhos e bastante procurado pelos brasileiros, o Chile quase dispensa introdução. Lugar de neve e cordilheiras, o solo chileno é rico para produção de diversos tipos de vinhos - e a Wine Locals, plataforma de experiências enoturísticas, acaba de lançar no seu site pacotes para quem quer conhecer as produtoras e vinícolas por trás dos rótulos que fazem tanto sucesso no Brasil. 
 
Nas regiões do Valle de Casablanca, Valle de Maipo, Valle de Cachapoal e Valle de Aconcágua, vinícolas consagradas oferecem visitas guiadas com tour completo, explicando cada processo da produção do vinho, além de degustação dos rótulos de cada lugar.
 
No Valle de Casablanca, na vinícola Casas del Bosque, que fica a mais ou menos 70 km de Santiago, o Tour Aromas Wine (R$ 132,90) inclui passeio para conhecer as instalações da vinícola, o processo de produção e participar de uma degustação de 4 vinhos: Sauvignon Blanc Reserva, Chardonnay Gran Reserva, Carmenere Gran Reserva e Syrah Pequeñas Producciones. Além da Casas del Bosque, outras produtoras como a Matetic, localizada no Valle de San Antonio, oferece o Tour Biodinâmico (R$ 326,90), onde é possível ser guiado para aprender sobre o processo do vinho e da agricultura orgânica e biodinâmica. Na Leyda, o Tour Leyda na Casa Valle (Viñamar) (R$ 144,90), é a oportunidade para conhecer a mansão, além de caminhar pelos vinhedos. Para finalizar o tour, a degustação dos vinhos Sauvignon Blanc Garuma, Chardonnay Falaris Hill e Pinot Noir Las Brisas.
 
No Valle de Maipo, a vinícola Tarapacá é uma das mais bonitas do Chile. A elegância da casa se estende do casarão aos seus jardins. A Tarapacá oferece três experiências diferentes, que vão dos passeios guiados pelos jardins, até degustações com almoços harmonizados. No Tour Gran Reserva (R$ 360,90), além da degustação de 4 vinhos Gran Reserva Tarapacá: Sauvignon Blanc, Carmenere, Cabernet Sauvignon e Gran Reserva Tarapacá Organic Wine, o passeio finaliza com um delicioso almoço, acompanhado por uma seleção de vinhos Gran Reserva Tarapacá Etiqueta Branca, conforme harmonização. Na El Principal, uma vinícola imponente que recebe esse nome em homenagem ao Cacique Picunche Andetelmo “El Principal”, considerado o senhor das terras que hoje abrigam o terroir chileno, o Tour Memórias (R$ 204,90) guia os visitantes pela bodega e sala dos tonéis, uma aula para quem deseja aprender sobre o processo de vinificação, engarrafamento e guarda dos vinhos. Os vinhos Calicanto e Memórias são degustados durante essa experiência. 
 
No Valle do Aconcágua, está um dos produtores chilenos mais consagrados do mundo, o Errazuriz. Considerada referência, a vinícola abre suas portas para comemorar seus 150 anos. No Tour Don Maximiano (R$ 375,90), a visita guiada vai da Casa Patrimonial Don Maximiano, às suas bodegas subterrâneas e plantações. A experiência termina com a degustação de 4 vinhos da linha Don Maximiano de colheitas diferentes, um vinho premiado internacionalmente.
 
Já no Valle Cachapol, aos pés da Cordilheira dos Andes, a vinícola San Pedro leva seus visitantes para um tour completo, a Experiência Baco (R$ 477,90), que oferece visita a adega gravitacional que guarda as barricas de carvalho francês onde estão armazenados os vinhos, passando por todas as etapas do processo de produção. Está incluído no tour a degustação de três vinhos ícones: Cabo de Hornos, Sideral e Altaïr. O passeio termina com um almoço delicioso com sabores intensos da culinária chilena no terraço da vinícola.
 
Todos os wine days, assim como a programação completa das vinícolas, estão disponíveis no site da Wine Locals. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »