20/03/2023 às 15h39min - Atualizada em 20/03/2023 às 15h39min

5 dicas para não cair em golpes digitais

FONTE E FOTO: Diagonal Informática - [email protected]
C 
Para se proteger o consumidor pode coletar provas da fraude, encaminhar informações ao banco, registrar B.O, detectar se ocorreu falha digital
 
No ambiente online é comum ocorrer golpes digitais, por isso, é importante manter seu computador com um bom antivírus e uma senha forte.
 
Os golpes digitais acontecem quando alguém tenta ter vantagem na internet e busca uma vítima. Os crimes podem ser cometidos por pessoa física e jurídica. As principais vítimas podem ter entre 18 e 24 anos, ou ter mais de 75 anos, segundo uma pesquisa realizada pela empresa LexisNexis Risk Solutions.
 
5 dicas para evitar golpes na web
 
Atualmente, o número de golpes tem aumentado com frequência, existem vários tipos de ataques, por exemplo, empréstimos falsos, contratação com dados de terceiros, clonagem de rede social, e assim por diante. Abaixo apresentamos algumas dicas para você navegar com segurança.
 
1- Peça segurança adicional no cartão
As operadoras de cartão de crédito costumam oferecer serviços adicionais para melhorar a segurança do cartão. Será enviado ao cliente um PIN secreto, sempre que é feito a transação de compra e venda este PIN é solicitado. Também existem empresas que encaminham um código para o celular.
É importante que você se informe com a sua instituição financeira, para conhecer quais são as formas de proteção disponíveis.
 
2- Nunca forneça senha pelo celular, e-mail ou telefone
Os bancos não possuem o hábito de enviar ou pedir para alguém passar link de senha, ou código de segurança. São pessoais e intransferíveis, não podem ser divulgadas por terceiros. Também não se pode fornecer dados pessoais de familiares.
Os dados são protegidos com base na LGPD, todas as empresas devem se adaptar para evitar multas.
 
3- Nunca devolva cartões, mesmo que eles estejam inutilizados
As financeiras não fornecem devolução de cartão de crédito ou débito, não é solicitado a devolução na casa do cliente. Caso você receba a visita de alguém dizendo que é da instituição financeira do cartão, desconfie, se houver insistência ligue imediatamente para o banco.
 
4- Ao se desfazer dos cartões, muita cautela
Quando for jogar seus cartões no lixo, é necessário ter cuidado com o chip. O descarte sustentável deve ser solicitado pelos bancos. A tarja também deve ser descartada, pois os dados podem ser recuperados pelos criminosos.
 
5- Tenha cuidado com as notificações de acompanhamento
Boa parte das instituições financeiras têm o hábito de encaminhar SMS para os clientes. É importante que os clientes tenham o hábito de checar as mensagens, caso haja alguma notificação de acompanhamento e você não reconhecer a compra, informe imediatamente ao banco.
 
Como se proteger e quais são as leis?
A Lei Carolina Dieckmann, conhecida como Lei dos Crimes Cibernéticos (12.737/2012), trata de fraudes digitais. Além dela também tem o Marco Civil da Internet e a Lei nº 14.155/2021.
Para se proteger, o consumidor pode coletar provas da fraude, encaminhar informações ao banco, registrar B.O e detectar se ocorreu falha digital.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »