Brand-News Publicidade 1200x90
12/12/2022 às 15h16min - Atualizada em 12/12/2022 às 15h16min

+ DO TURISMO - 12/12

O Summit, novo mirante da cidade de Nova York, um dos principais destinos dos EUA
C
Demora de mais de 400 dias por concessão de visto para os EUA gera campanha de protesto

 
Os EUA perderão quase 7 milhões de visitantes e US$ 12 bilhões em entradas apenas em 2023
 
Esta semana, a US Travel Association, a organização nacional sem fins lucrativos que representa todos os componentes da indústria de viagens dos Estados Unidos, lançará a campanha “Eles esperam, nós perdemos”. A campanha visa estimular ações para melhorar os tempos de espera excessivos por vistos de visitantes dos principais mercados receptivos do país, que agora têm uma média impressionante de mais de 400 dias para visitantes que querem ir aos Estados Unidos pela primeira vez.
Com o objetivo de obrigar o governo Biden a reconhecer as consequências econômicas e priorizar com urgência as entrevistas de visto de visitante, a campanha totalmente integrada captura inicialmente as perspectivas de turistas em potencial em mercados-chave como Brasil, Índia e México, bem como empresas dos EUA afetadas pela perda desse público devido a atrasos no tempo de espera. 
Os longos tempos de espera para vistos são uma proibição de viagem de fato, dissuadindo visitantes e prejudicando as empresas americanas. A US Travel estima que os EUA perderão quase 7 milhões de visitantes em potencial e US$ 12 bilhões em entradas apenas em 2023 devido a tempos de espera prolongados.
 As histórias estão sendo coletadas em www.usvisadelays.com.
Visite ustravel.org para obter mais informações.
 
FONTE E FOTO: US Travel Association | Interamerican Network - [email protected]
 
 
 
Brasil tem quatro dos dez melhores aeroportos do mundo em 2022, aponta ranking internacional AirHelp Score
 
Aeroportos de Recife, Campinas, Belo Horizonte e São Paulo figuram na lista com boas avaliações dos usuários nos quesitos pontualidade e serviços oferecidos
 
O Brasil tem quatro dos dez melhores aeroportos do mundo. É o que aponta o ranking internacional AirHelp Score 2022, divulgado nesta segunda-feira (12). Figuram nessa lista o Aeroporto Internacional Gilberto Freyre, em Recife/Guararapes (PE), na segunda posição, ficando atrás apenas do Aeroporto Internacional de Tóquio. O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), aparece na quarta colocação. Os aeroportos Tancredo Neves, em Belo Horizonte (MG), e Congonhas, em São Paulo (SP), foram listados em sexto e sétimo lugares, respectivamente. No último levantamento, feito em 2019, somente os aeroportos Afonso Pena (PR) e Viracopos (SP) entraram no top 10.
Nesta edição foram avaliados 151 aeroportos, contando com cerca de 10 mil avaliações de usuários de 30 países. A pesquisa, realizada de janeiro a outubro deste ano, foi estruturada em três temas centrais: pontualidade, opinião dos clientes quanto aos serviços oferecidos (equipe do aeroporto, tempo de espera, acessibilidade e limpeza) e lojas e restaurantes.
 
O Aeroporto Internacional Gilberto Freyre, de Recife, obteve nota 8.72 para pontualidade dos voos, 8.13 para qualidade do serviço e 8.33 para qualidade do varejo, compondo pontuação final de 8.52. Já o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, recebeu nota 8.45 para pontualidade, 8.29 para qualidade do serviço e 8.42 para qualidade do varejo, com nota final de 8.41. O Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Belo Horizonte, obteve nota 8.78 para pontualidade, 7.93 para qualidade do serviço e 7.73 para qualidade do varejo, alcançando 8.40 como pontuação final. No caso do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, nota de 8.68 para pontualidade dos voos, 7.70 para qualidade do serviço e 7.85 para qualidade do varejo, tendo 8.32 como nota final.
“O Brasil foi destaque no ranking como o país com maior quantidade de aeroportos entre os top 10 do mundo. A pontualidade foi o índice mais bem avaliado pelos usuários, sendo que todos os aeroportos registraram nota acima de oito. Em segundo lugar, ficou a qualidade dos serviços e, por último, a qualidade do varejo, que considera as opções de lojas e restaurantes”, analisa Luciano Barreto, diretor-geral da AirHelp no Brasil.
Além dos destaques entre os dez melhores, outros três aeroportos brasileiros aparecem na lista dos 20 melhores do mundo, como o Aeroporto Internacional de Brasília - Presidente Juscelino Kubitschek (11º), no Distrito Federal; Aeroporto Internacional de Guarulhos (13°), em São Paulo; e o Santos Dumont (16°), no Rio de Janeiro.
Publicado desde 2015, o AirHelp Score é a avaliação mais abrangente e precisa de companhias aéreas e aeroportos com intuito de ajudar os passageiros a planejar melhor seus voos. O ranking é produzido pela AirHelp, líder mundial na defesa dos passageiros de companhias aéreas.
 
FONTE: Conteúdo Comunicação - Carol Freitas - [email protected]
 
 
 
LATAM é eleita a quinta melhor companhia aérea do mundo pelos passageiros, revela ranking internacional AirHelp Score
 
A LATAM Airlines é a quinta melhor companhia do mundo na opinião dos usuários de transporte aéreo. É o que revela o ranking internacional AirHelp Score 2022, divulgado nesta segunda-feira (12). A empresa conquistou boa avaliação dos passageiros nos critérios de pontualidade (8.58), serviço ao cliente (8.13) e processamento de reclamações (7.13), alcançando a pontuação final de 7.95 e garantindo seu lugar no top 10.
Pela oitava vez, a Qatar Airways foi a companhia aérea mais bem cotada no levantamento. A empresa obteve 8.11 como nota final, destacando-se pelo serviço oferecido aos clientes (8.93), consistência no tratamento de reclamações (7.79) e no rigor dos horários (7.62).
Nesta edição foram avaliadas as 64 principais companhias do mundo, contando com cerca de 10 mil avaliações de usuários de 30 países. A pesquisa, realizada de janeiro a outubro deste ano, foi estruturada em três temas centrais: pontualidade dos voosqualidade do serviço das companhias aéreas; e o processamento de reclamações com base na eficiência para o atendimento a pedidos de indenização de clientes.
Entre as aéreas nacionais, Gol e Azul também foram listadas, mas passaram longe do topo das melhores. A Gol ocupou o 36° lugar do ranking mundial e foi bem avaliada em termos de performance de partida e chegada no horário (8.54) e de serviço (8.00). A companhia recebeu nota 3.27 para processamento de reclamações, chegando a 6.61 como nota final. Já a Azul Airlines ficou na 45ª posição, recebendo nota 8.64 para pontualidade, 8.26 para serviço e apenas 1.71 em relação ao atendimento de reclamações de usuários - pior índice nacional registrado - alcançando pontuação final de 6.20.
“Vemos que as companhias aéreas brasileiras precisam melhorar no atendimento ao passageiro. Apesar de serem pontuais e oferecerem bons serviços, são malvistas pelos usuários quando é necessário agir em casos de reclamação ou queixa. A missão da AirHelp é auxiliar os passageiros aéreos a reivindicar seus direitos garantidos pela lei e conscientizá-los em quais circunstâncias são cobertos pelo Código de Defesa do Consumidor”, avalia Luciano Barreto, diretor-geral da AirHelp no Brasil.
O estudo também apontou as empresas Azul, LATAM e Gol como líderes do ranking das dez maiores companhias aéreas em operação no Brasil, de acordo com as porcentagens de partidas do país. Tap Air Portugal, American Airlines, United Arlines, Avianca, Air France, British Airways e Air Canada também figuram no top 10.
 
FONTE: Conteúdo Comunicação - Carol Freitas - [email protected]

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.