18/03/2021 às 15h29min - Atualizada em 18/03/2021 às 15h29min

De São Paulo às Maldivas. A viagem que todos nós merecemos fazer!

Por Lais Souza - Economista, sócia do BlueTrade XP Investimentos (Ribeirão Preto/SP)
Apaixonada por viagens, a poços-caldense Lais de Souza, há 14 anos radicada em Ribeirão Preto/SP, onde atua como sócia de um escritório de investimentos, realizou um sonho antigo: conhecer as Maldivas - famoso arquipélago formado por centenas de ilhas, lagoas azuis e extensos recifes. Acompanhada de cinco amigas, uma delas de Pouso Alegre e as demais de Ribeirão Preto, Lais contou que essa foi sua primeira viagem internacional desde o início da pandemia. Segundo ela, os cuidados com a segurança foram redobrados, obedecendo rigorosamente as medidas sanitárias de proteção e prevenção contra o coronavírus. Foi necessário a realização do Exame PCR horas antes do embarque no aeroporto de Guarulhos e também antes de deixar a ilha
 
 Ao se deparar com o tempo total da viagem - pouco mais de 30 horas -, o primeiro pensamento que nos vem à mente é: será que vale a pena? Pois eu afirmo, com toda a certeza: vale cada segundo de avião, aeroporto, hidroavião!
 
Aquela paisagem dos sonhos já te aguarda ainda antes da chegada ao aeroporto de Male, capital das Maldivas. Lá de cima contamos infinitos tons de azul e em cada ilha percebemos uma estrutura mais bonita que a outra dos resorts, com seus bangalôs sobre as águas. A grande maioria deles atende no padrão 5 estrelas, mas é muito importante ter a referência de um bom agente de viagem no momento da escolha do hotel, pois existem algumas exceções a essa regra.
 
Ao chegar, o receptivo do hotel nos aguardava no deck e fomos direcionadas para recebermos um Welcome drink e as orientações do hotel e seus atrativos. Ficamos hospedadas no Hideaway Beach Maldives. Atendimento espetacular e muito além das nossas expectativas. As vilas sobre as águas contam com 190m2, uma piscina privativa, serviço de mordomo, hidro e infinitos outros mimos.
 
As tradicionais bicicletas não podiam faltar! Cada vila fica com duas à sua disposição. Existem algumas bicicletas elétricas no hotel também, mas essas devem ser previamente reservadas, pois são poucas unidades.
 
Além de uma super estrutura de esportes terrestres, o hotel também oferece diversas opções aquáticas, mas com custo adicional.
 
O esporte que escolhemos praticar foi o mergulho. A certificação internacional é exigida e nossa preparação foi previamente feita na escola MantiqueiraSub, em São João da Boa Vista/SP. O mar das Maldivas é um dos melhores do mundo para o mergulho! Mas essa preparação requer planejamento com antecedência, para que toda a beleza do mergulho seja apreciada.
A sensação é a de nadar em um aquário imenso. Com muita vida, muitas cores, água super agradável, na casa dos 30 graus, e uma visibilidade incrível!
 
E para quem quer apenas descansar, Maldivas também é o destino ideal. Paisagens incríveis, águas quentes e maré calma. No nosso hotel contávamos também com um spa maravilhoso. Fizemos massagens com profissionais extremamente gabaritadas, de regiões como Bali, Tailândia, e arredores.
 
E sobre os restaurantes... ahhhhhh os restaurantes! Atendimento impecável, sabores do mundo todo. Mas a grande estrela deste hotel foi o restaurante Sansara, de gastronomia oriental.
 
Enfim, estamos agora morrendo de saudades desse destino incrível e recomendamos a todos que tenham a oportunidade de chegar até lá. Valerá a pena todo o esforço do trajeto já nos primeiros segundos nas Maldivas!
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp