26/10/2022 às 16h26min - Atualizada em 26/10/2022 às 16h26min

Minas Gerais é o estado que mais cresceu no turismo no Brasil

FONTE: Secult/MG e Secom Prefeitura - FOTO: Divulgação
C 
Poços de Caldas está entre os dez destinos mais procurados
 
Segundo o IBGE, Minas é o segundo maior destino para viagens e obteve o maior crescimento no volume das atividades turísticas, com aumento de 38,7 % no comparativo com julho de 2021.
Quando o assunto é viagens, Minas Gerais está no topo do ranking dos estados. A pesquisa do IBGE, em parceria com o Ministério do Turismo, divulgada neste mês, aponta Minas como o 2º estado mais procurado para viagens em 2021 e o 5º estado com maior gasto total em rotas nacionais.
Ainda nessa pesquisa, os resultados do Módulo de Turismo da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - PNAD Contínua apontam que, em 2021, as viagens realizadas para Minas Gerais representaram 11,4% das viagens nacionais, ficando atrás apenas de São Paulo (21%). Minas Gerais mantém sua posição e participação na distribuição desde 2020, onde ocupou também o segundo lugar.
Neste contexto de reaquecimento do turismo, pós pandemia, Poços de Caldas está entre os dez maiores destinos do estado. Figuram também na lista os municípios de Ouro Preto, Capitólio, Belo Horizonte, Tiradentes, Diamantina, São Thomé das Letras, Mariana, Camanducaia (Monte Verde) e Brumadinho (Região Metropolitana de BH).
 
OCUPAÇÃO DE HOTÉIS - A Secult também divulgou balanço positivo de ocupação no último feriado de 12 de outubro, destacando Poços de Caldas, Capitólio, Caxambu e Extrema, além de Ouro Preto. Em comum, todas compartilharam um aumento considerável de visitantes, como é o caso de Poços de Caldas, onde houve 100% de ocupação nos grupos hoteleiros maiores, com destaque para os resorts. Famosa pelas reservas hidrominerais e pela tradição dos cristais de murano, Poços também vem se consolidando como importante parada para quem aprecia esportes de aventura, gastronomia e turismo rural.
 
Tal circulação de pessoas em solo mineiro, de acordo com o subsecretário de Estado de Turismo, Sérgio de Paula e Silva Júnior, reforça o resultado da pesquisa recente divulgada pelo IBGE, a qual revela o crescimento do turismo em Minas em 45,3%. Esse percentual está acima da média nacional, que foi de 25,9%. “Isso demonstra como o setor está reagindo neste contexto pós-pandemia e revela como têm sido assertivas as ações promovidas pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo, como o Programa Reviva Turismo”, pontua Júnior.
 
Para o secretário municipal de Turismo de Poços, Ricardo Oliveira, os números do último feriado refletem um grande trabalho realizado pela Prefeitura, no sentido de divulgar o que o município tem de melhor: a gastronomia local, o turismo rural, as festividades, o pujante cenário cultural, entre outros. “Tudo isso faz com que o destino Poços de Caldas seja forte e lembrado durante o ano inteiro, e seja destaque como alta procura dentro de MG. Queremos fomentar ainda mais, principalmente com a chegada do fim do ano, com o nosso Natal Poços de Luz, que é referência no estado. Tenho certeza que também será um período muito forte para o setor de Turismo, gerando emprego e renda para a nossa população e solidificando o setor como grande indutor de desenvolvimento da cidade.”
 
EMPREGOS EM MG - A partir do lançamento do Programa Reviva da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo, iniciado em maio de 2021, com o intuito de retomar o potencial econômico das atividades criativas durante a pandemia Covid-19, Minas Gerais criou, até o mês de agosto de 2022, segundo dados do CAGED, aproximadamente 100 mil novos empregos no setor de Turismo e economia criativa.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.