Brand-News Publicidade 1200x90
Brand-News Publicidade 728x90
26/10/2022 às 16h18min - Atualizada em 26/10/2022 às 16h18min

+ DO TURISMO - 26/10

C
Animais ajudam no dia a dia do RIOgaleão
 
Os animais podem ser importantes parceiros da aviação, contribuindo para a segurança operacional de aeroportos e aprimorando a experiência dos passageiros. No RIOgaleão, aves e cachorro já atuam ao lado do “time humano” nas ações de Manejo de Fauna, que tem como objetivo evitar acidentes com aviões no aeroporto. A novidade é que, a partir deste mês de outubro, a equipe contará com uma nova integrante: uma cabra. A nova “funcionária” terá a missão de auxiliar no aparo da vegetação arbustiva que se desenvolve no entorno do terminal.  
Esta é a primeira vez que um aeroporto brasileiro “contrata” uma cabra, que ainda ajudará a manter outros animais longe da pista de pouso e decolagem. A expectativa do Aeroporto Internacional Tom Jobim é diminuir o impacto ambiental durante a manutenção das vegetações, já que reduzirá o consumo de combustíveis pelos veículos motorizados responsáveis pelo corte da grama. 
O animal, que ganhou o nome de Estrela, e é carinhosamente chamado de “baby bode” pelas equipes, irá atuar ao lado dos gaviões Radar e Kaká; dos falcões Árya, Minerva e Ravena; e do cachorro Hammer, resgatado em março de 2020 e treinado para ajudar no afugentamento de aves e demais animais que possam prejudicar a operação aeroportuária. 
“Temos registrado excelentes resultados com a atuação dos animais em nossos programas de Manejo de Fauna e Vegetação. Entre 2015 e 2022, identificamos uma redução de 48% do número de incidentes do aeroporto. Por isso, estamos muito felizes com a chegada da Estrela no nosso time. Com certeza ele irá reforçar a nossa atuação em prol da segurança do aeroporto e desempenho ambiental”, afirma Milena Martorelli, gerente de sustentabilidade do RIOgaleão.  
Todo o trabalho com o “time animal” é desenvolvido em parceria com a Radar Soluções Ambientais, que disponibiliza um grupo de aproximadamente 16 profissionais, entre eles biólogos, engenheiros agrônomos e veterinários. A atuação da Radar ocorre diariamente e é feita de acordo com a orientação da concessionária e da torre de controle, com autorização do Instituto Estadual do Ambiente (INEA).  
 
FONTE E FOTO: Textual Comunicação - Aline Gomes
 
 
 
Azul é a aérea brasileira com menor número de reclamações em 2022
 
A Azul, maior companhia aérea em destinos atendidos no Brasil, é a empresa com o menor número de reclamações ao longo de 2022. Nas duas edições do Boletim de Monitoramento do Consumidor.gov, disponibilizado periodicamente pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a Azul também obteve índices superiores aos de suas concorrentes nos quesitos solução de problemas e satisfação dos clientes.
Na mais recente pesquisa divulgada pela Anac, a Azul foi a empresa que apresentou o menor índice de reclamações no 2º trimestre deste ano (45,8 reclamações a cada 100 mil passageiros) e o melhor desempenho na solução de problemas: o maior índice de solução de reclamações (91,7%) e o maior índice de satisfação dos consumidores em relação ao atendimento recebido (4,2 em uma escala de 1 a 5).
Já nos primeiros três meses do ano, a Azul obteve o menor índice de reclamações para cada grupo de 100 mil passageiros pagos transportados (91,6), além de ter obtido os melhores índices de solução (92,1%) e satisfação (4,2).
“É gratificante ver que o nosso esforço em proporcionar a melhor experiência de viagem para os nossos clientes está sendo reconhecido por quem mais importa para nós da Azul: os nossos clientes. Ser a empresa aérea com menor número de reclamações, e ao mesmo tempo com excelentes índices de solução de problemas e atendimento recebido, mostra também que nossos tripulantes no céu e na terra estão empenhados em oferecer um atendimento de qualidade”, destaca Jason Ward, vice-presidente de Pessoas e clientes da Azul. “Dentro de nossa central de atendimento temos uma célula dedicada que cuida desse tipo de relacionamento com o Cliente, que adota caminhos e estratégias diferentes para cada tipo de experiência relatada”, completa o executivo.
A publicação de boletins periódicos de monitoramento do Consumidor.gov.br pela ANAC tem por objetivo proporcionar transparência à sociedade sobre o desempenho das empresas aéreas na plataforma, promover a concorrência e a melhoria da qualidade dos serviços prestados ao passageiro, além de disponibilizar informações que sejam úteis para a decisão de compra de passagens aéreas. As reclamações registradas pelos usuários do transporte aéreo de passageiros no Consumidor.gov.br são monitoradas em âmbito coletivo pela Agência com o propósito de identificar as principais dificuldades enfrentadas pelos consumidores e, assim, subsidiar a regulação e a fiscalização do setor. 
 
FONTE: Azul Linhas Aéreas Brasileiras - [email protected]  

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »