12/03/2021 às 17h35min - Atualizada em 12/03/2021 às 17h35min

Conselho de Política Cultural entrega carta compromisso ao prefeito para fortalecer o setor

FONTE E FOTO: Secretaria Municipal de Comunicação Social da Prefeitura de Poços de Caldas
Secretário interino Gustavo Dutra, prefeito Sérgio Azevedo e o presidente do Conselho, Pedro Cezar

O Conselho Municipal de Política Cultural entregou ao prefeito Sérgio Azevedo, nesta quinta-feira (11), uma carta compromisso propondo metas para a realização de políticas a serem desenvolvidas nos próximos quatro anos. Participaram da reunião com o prefeito os representantes do Conselho, o secretário interino de Cultura, Gustavo Dutra; o secretário de Governo, Celso Donato; e o vice-prefeito, Júlio César Freitas.
Para o presidente do Conselho, Pedro Cezar, este documento é um raio-x do panorama cultural da cidade. “É um guia detalhado para que o poder público crie ações mais pontuais para atingirmos as metas do Plano Municipal da Cultura”.
Dentre os pontos levantados estão a realização da 2ª Conferência Municipal de Cultura, a implementação definitiva e continuidade do Programa Poços Cultural, e a necessidade de que o empresariado de Poços contribua mais com projetos locais por meio de incentivos fiscais. Foi sugerida a criação de um plano integrado entre as secretarias de Cultura, Esportes e a secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (SEDET).
O prefeito Sérgio Azevedo disse que essa conscientização dos empresários se faz fundamental para o desenvolvimento da cultura, educação e do esporte na cidade. “Faço questão de fazer essa ponte entre o empresariado e os projetos com incentivos fiscais. Quando o empresário destina uma parte do imposto para um projeto de um artista da cidade, ele acolhe de forma indireta uma criança, incentiva a leitura, desenvolve a disciplina e ainda ganha um marketing completamente gratuito”, explicou.
O secretário interino da Cultura diz que a carta mostra o caminho e sugere soluções para potencializar a cultura de Poços. “A Secult trabalha em estreita sintonia com o Conselho na busca de sempre aprimorar os mecanismos de gestão e sua articulação com os fazedores culturais para potencializar as ações que chegam até a população. Em tempos de grave crise para o setor cultural buscaremos de todas as formas a implementação plena dessas propostas", declarou Gustavo Dutra.
 
Saiba mais sobre as metas colocadas pelo Conselho para a execução de políticas públicas:
 
1.Criação de plano integrado entre Secult, Sedet e SME para identificar potenciais
estratégicos e implementar programas colaborativos;

2. Restabelecimento dos recursos do orçamento anual da Cultura;

3. Restabelecimento dos recursos das verbas do DME destinadas à cultura e também a realização do edital de patrocínio direto;

4. Regulamentação dos repasses do DME para a prefeitura / Secult através de projeto de lei;

5. Aumento do corpo técnico da Secult através de inclusão de profissionais da área em concurso público, ou por contratação, ou alocação de profissionais;

6. Compromisso de manutenção e expansão das redes de internet nos espaços culturais;

7. Criação de espaço “físico” onde funcionará um Centro de Referência Municipal de Cultura;

8. Implementação definitiva e continuidade do Programa Poços Cultural;

9. Sistematização de ferramentas e processos para a construção de um banco vivo dedados da cultura e seus impactos;

10. Realização da 2ª Conferência Municipal de Cultura, em 2021.
 
 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp