Brand-News Publicidade 1200x90
Brand-News Publicidade 728x90
15/09/2022 às 15h30min - Atualizada em 15/09/2022 às 15h30min

UFMG tem mais de 80% dos cursos de graduação com conceito máximo no Enade

FONTE: Cedecom - Assessoria de Imprensa da UFMG - FOTO: Reprodução Google
c 
Das 23 formações efetivamente avaliadas na edição 2021, 21 receberam nota 5, duas alcançaram 4 e nenhuma registrou queda de desempenho
 
Mais de 80% dos cursos de graduação da UFMG avaliados em 2021 pelo Conceito Enade - índice que mensura o desempenho acadêmico por meio de prova aplicada aos alunos concluintes - registraram avanços em suas notas. Além disso, nenhum dos 25 cursos avaliados nesta edição registrou queda de desempenho. O resultado foi anunciado nesta segunda-feira, 12 de setembro, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do Ministério da Educação que conduz o levantamento. 
 
A cada triênio, um grupo de cursos é selecionado para avaliação. Dos 25 cursos da UFMG inicialmente selecionados neste ano, 21 receberam o Conceito Enade 5, que é a nota máxima, e dois - o bacharelado em Design, curso oferecido pela Escola de Arquitetura, e a licenciatura em Música, ofertada pela Escola de Música - alcançaram conceito 4, suas melhores classificações de faixa na série histórica. Os outros dois cursos - as licenciaturas em Matemática e Química, ambas a distância - não receberam conceito nesta edição por não terem alcançado o número mínimo de estudantes para participar do exame.
 
Os 21 cursos classificados com a nota máxima no Conceito Enade foram as licenciaturas e os bacharelados em Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Educação Física, Filosofia, Geografia, História e Química, as licenciaturas em Artes Visuais, Física, Letras (Português), Matemática e os bacharelados em Ciência da Computação, Pedagogia e Sistemas de Informação. Agora, os resultados do Conceito Enade serão utilizados pelos Núcleos Docentes Estruturantes (NDEs), pelos colegiados e pela Comissão Própria de Avaliação (CPA) da UFMG para subsidiar uma autoavaliação.
 
PROJETO SÓLIDO - A reitora Sandra Regina Goulart Almeida afirma que o Conceito Enade é um importante levantamento oficial conduzido pelo Ministério da Educação. “Por isso, esse resultado é motivo de grande satisfação para a instituição, pois se trata de mais uma avaliação que comprova a qualidade da UFMG”, comenta. No caso da edição 2021 do Conceito Enade, Sandra Goulart lembra que o processo transcorreu em meio à pandemia, que provocou a suspensão das atividades acadêmicas presenciais. “Os alunos que fizeram o exame cumpriram parte de seu percurso durante a pandemia, no formato remoto ou híbrido. Isso não impediu que alcançássemos uma evolução notável em quase todos os cursos, o que comprova a solidez do nosso projeto acadêmico e a capacidade de nos adaptarmos a situações adversas”, disse a reitora.
 
Além do Conceito Enade, o Inep também divulgou, nesta segunda-feira, o Indicador de Diferença entre os Desempenhos Esperado e Observado (IDD), que compara os resultados alcançados pelos estudantes na prova do Enade com os da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Mais de 60% dos cursos avaliados (16) conseguiram uma elevação nesse índice, no comparativo com a última edição.
“É um desempenho muito bom, ainda mais se lembramos que instituições de alta
concorrência no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), como é a UFMG, tendem a obter IDD inferir ao Conceito Enade, já que recebem os alunos que obtiveram as notas mais altas no Enem”,
justifica a diretora de Avaliação Institucional, Viviane Birchal.
 
Os indicadores da edição 2021 do Conceito Enade estão disponíveis no site do Inep.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.