Brand-News Publicidade 1200x90
Brand-News Publicidade 728x90
08/09/2022 às 16h23min - Atualizada em 08/09/2022 às 16h23min

“Construções Verdes e Cidades Inteligentes” é tema do Minascon 2022

FONTE E FOTO: Secretaria Municipal de Comunicação Social da Prefeitura de Poços de Caldas
A 19ª edição do evento foi lançada oficialmente em Poços, que o sediará em novembro
C 
O Palace Casino e o Palace Hotel serão palco, de 17 a 19 de novembro, da 19ª edição do maior evento da construção civil e de sua cadeia produtiva
 
Foi lançado oficialmente em Poços de Caldas, na última terça-feira (6), o maior evento da construção civil e de sua cadeia produtiva: o Minascon 2022. Participaram da solenidade o prefeito Sérgio Azevedo, o vice-presidente da Fiemg Regional Sul e presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Poços de Caldas, Rodrigo Costa Batista; o presidente da Câmara da Indústria da Construção da Fiemg, Geraldo Linhares; o presidente do Sindicato das Indústrias de Produtos de Cimento do Estados de Minas Gerais - Siprocimg, Lúcio Silva, entre outros representantes do setor.

Poços de Caldas foi a cidade escolhida para sediar o evento por ser uma das mais autônomas, entre as 853 do estado. “O município é um case de sucesso, com abastecimento de água, energia elétrica e soluções de esgoto e de lixo independentes”, esclarece Geraldo Linhares.
“Tive a incumbência de assumir a Câmara da Indústria da Construção Civil da Fiemg com o compromisso firmado com o presidente Flávio Roscoe de fazer a interiorização da Câmara em todos os 853 municípios de Minas Gerais. Temos 32 sindicatos da cadeia produtiva. Desses, 20 são no interior. Então, não tem sentido ficarmos fazendo evento em Belo Horizonte, já que a maioria dos nossos sindicatos se encontra no interior. Essa é uma preocupação dessa administração atual da Fiemg”, observou Linhares.

Ele ressaltou ainda a importância da construção civil para a economia do estado. “A Fiemg tem 134 sindicatos e, nós, somos 32. Temos 30% dos sindicatos da Fiemg. Temos 18% do PIB das indústrias do estado, 8% do PIB geral do estado. Temos 30 mil empresas no ramo da construção civil e geramos 300 mil empregos diretos, com uma carga salarial da ordem de R$ 7,2 bilhões. Somos o maior contribuinte do Sistema S. Então, nós somos importantes e nessa administração do presidente Flávio ele está dando importância para a construção civil. Nós somos importantes e vamos nos fazer respeitar. E vamos interiorizar essa política”, aclamou.
 
SETOR MOTRIZ DA ECONOMIA - “É um marco para nossa cidade poder fazer esse evento. A construção civil está presente de forma pujante na nossa vida. Em qualquer edificação, qualquer rodovia, no seu restaurante preferido, na sua escola, na sua casa, a construção está presente. Devido a essa importância, e por ser o setor motriz da economia do país, nós, da Fiemg, preparamos esse evento que estamos lançando aqui hoje, a 19ª edição do Minascon, abrangendo o que há de melhor em inovação, tecnologia e sustentabilidade”, destacou Rodrigo Costa Batista.

TEMÁTICA ABRANGENTE - Costa lembrou que, nos últimos dois anos, em razão da pandemia, o evento ocorreu de forma online, e, a partir desta edição, foi definido, com o presidente da Fiemg, Flávio Roscoe, que o Minascon seria levado para o interior de Minas. “Vai ser a maior feira do interior do Brasil. Nenhuma cidade do interior jamais viu um congresso, um evento desse porte. O principal tema em discussão será ‘Construções verdes, cidades inteligentes’, que não poderia estar melhor relacionado à nossa cidade de Poços de Caldas, totalmente autônoma no que diz respeito a abastecimento de água, tratamento de esgoto, geração e distribuição de energia. Além disso, a Fiemg escolheu nossa cidade como forma de parabenizá-la pelos 150 anos de fundação. É o reconhecimento da importância da cidade, é a retomada do protagonismo que ela já teve”, enfatizou.

Costa ressaltou que está confirmada a presença do governador Romeu Zema no evento, que terá 21 palestras e mesas-redondas, para debater temas como ESG, patologias construtivas, desenvolvimento urbano e cidades inteligentes/construções sustentáveis, entre outros. A programação prevê ainda, destacou, uma feira imobiliária, na qual as principais empresas vão ofertar produtos, com espaço para inovações. E dois concursos para universitários ligados aos cursos que movem a construção civil, como as engenharias.

“No concurso A Ponte, os estudantes construirão pontes com palitos de sorvete e vencerá aquela que suportar mais peso. O prêmio será de R$ 5 mil. No Desafio da Sustentabilidade, os alunos apresentarão propostas de sustentabilidade para suas cidades e a melhor terá direito também, a uma premiação no valor de R$ 5 mil”, salientou, ressaltando que são esperadas 5 mil pessoas no Minascon em Poços de Caldas, que está em plena celebração dos seus históricos 150 anos de fundação.

PRAÇA DO CONCRETO - O presidente do Sindicato das Indústrias de Produtos de Cimento do Estado de Minas Gerais (Siprocimg), Lúcio Silva, lembrou que uma das ações do Siprocimg no Minascon é a Praça do Concreto, que tem sido um sucesso muito grande em todas as edições. “Às vezes, só o fato de você se encontrar com seu cliente na feira, de forma mais descontraída, já é relevante. Nosso sindicato tem 84 anos, é composto por empresas muito sólidas. E, para essa feira, estamos trazendo também indústrias de Belo Horizonte e de outras cidades, mas acho muito importante as indústrias daqui participarem. Vocês vão ver o resultado que essa feira tem. Ela traz resultados que deixam as indústrias e o mercado muito satisfeitos”, destacou.
 
“Estou prefeito, mas sou engenheiro, a construção civil é o grande carro-mestre. Quando vem a crise, ela puxa o crescimento. Parabéns a esses que estão interiorizando este evento. Nós temos um grande artista mineiro que fala: ´O artista tem que ir aonde o povo está´. Então, é isso, venham onde o povo está. Vamos contar com o governador. Poços de Caldas está aberto. Estamos já nos candidatando a sediar a feira da moda também. É um ano muito especial para a gente, no dia 6 de novembro estaremos comemorando os 150 anos da cidade. Nossa equipe vai estar toda à disposição para que a gente faça dessa 19ª a maior das edições do Minascon”, celebrou o prefeito Sérgio Azevedo.
 
Os palestrantes serão representantes de empresas como MRV, Riva Incorporadora, Reta Engenharia, AVA Consultoria e Gestão em Arquitetura, que compartilharão suas experiências e novidades do setor.
 
O 19° Minascon é uma realização da Fiemg, por meio de sua Câmara da Indústria da Construção e dos Sindicatos da Indústria da Construção Civil (Sinduscon) de Poços de Caldas, Varginha e Pouso Alegre. O evento conta com o apoio do Sebrae Minas e com as parcerias da Prefeitura de Poços de Caldas, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea/MG) e do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://brandnews.com.br/.