25/08/2022 às 14h53min - Atualizada em 25/08/2022 às 14h53min

Câmara realiza audiência pública para apresentação do Relatório de Gestão do SUS

FONTE E FOTO: Assessoria de Imprensa da Câmara de Poços de Caldas
c 
Na última quarta-feira (24), aconteceu na Câmara Municipal a apresentação do Relatório de Gestão do SUS referente ao 1º quadrimestre de 2022. A audiência pública contou com a presença do secretário municipal de Saúde Carlos Eduardo Mosconi, da secretária adjunta Rosilene de Oliveira Faria, do coordenador da Média e Alta Complexidade João Carlos Naldoni e do contador Ronaldo Tavares. Alunos do curso de Medicina da PUC Poços de Caldas que estagiam na Secretaria, além de outros servidores da pasta, também participaram do evento.
 
A audiência pública atende à Lei Complementar Federal n. 141/12, que determina a apresentação, por parte das Prefeituras, de relatório contendo informações, dados e prestações de contas às Câmaras com relação à saúde. A legislação dispõe sobre os valores mínimos a serem aplicados anualmente pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios em ações e serviços públicos nessa área, estabelecendo, ainda, normas de fiscalização, avaliação e controle das despesas.
O secretário Mosconi fez um resumo das ações e desafios no setor nos primeiros meses do ano. “Essa audiência é um procedimento legal do qual temos muito gosto em participar, trazendo as informações, esclarecendo dúvidas e fazendo essa prestação de contas. É uma maneira de mostrarmos à população o que a Secretaria de Saúde está fazendo. Aqui, mostramos nossos êxitos e eventuais dificuldades na área. Sem contar a conversa com os vereadores, que é sempre muito frutífera”, comentou.
 
Entre outros temas, o secretário abordou o aumento de casos de COVID-19 durante os primeiros quatro meses. Ele enfatizou, ainda, o número de atendimentos, sendo 207.337 na Atenção Básica, entre janeiro e abril de 2022. A Secretaria apresentou o relatório com todos os detalhes envolvendo a gestão do SUS. Entre os diversos dados, Mosconi destacou o número de vacinas contra a COVID-19 aplicadas até o final do período analisado (29 de abril): 398.589 doses.
Os vereadores aproveitaram a audiência pública para esclarecer dúvidas a respeito de vários assuntos, entre eles: a demanda por cirurgias infantis, pelo formulário eletrônico e informatização da área da Saúde; a qualidade e disponibilidade das fraldas geriátricas; a situação do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST); os gastos com pessoal; o aumento do piso salarial dos enfermeiros; esclarecimentos sobre o Hospital do Câncer; possibilidade de construção de um Hospital Municipal; situação do Ambulatório Trans.
 
A audiência de prestação de contas do SUS acontece a cada quatro meses e é transmitida pela Internet no Portal da Câmara e nas páginas do legislativo no Facebook e Youtube.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »