17/08/2022 às 15h22min - Atualizada em 17/08/2022 às 15h22min

Camping sustentável oferece imersão na Mata Atlântica, próximo à capital paulista

FONTE E FOTO: Planin - [email protected]
c 
O Parque das Neblinas possui uma área de camping com baixo impacto ambiental e experiência de conexão com o ambiente natural
 
O Parque das Neblinas, reserva ambiental da Suzano gerida pelo Instituto Ecofuturo, localizado entre os municípios de Mogi das Cruzes e Bertioga, no estado de São Paulo, fica a 120 km da capital e oferece um refúgio da cidade e uma opção para se reconectar à natureza. O ecoturismo no Parque promove a sensibilização ambiental e o contato direto com a Mata Atlântica. Entre as estruturas da reserva está a área de camping, que conta com módulos que permitem privacidade e uma imersão em meio à floresta.
 
O Parque, que tem cerca de 1.330 espécies registradas em sua área de 7 mil hectares, tem como objetivo oferecer uma experiência diferenciada e incentiva a percepção da responsabilidade de cada um no cuidado com o meio ambiente. Para os que se aventuram no camping, podem desfrutar de um roteiro de até cinco trilhas autoguiadas que conta com uma área de banho no rio Itatinga.
 
A vivência completa ganha um toque especial com a gastronomia da reserva, na qual o visitante tem a opção de alimentação oferecida por uma empresa da comunidade, que cria receitas com ingredientes nativos da Mata Atlântica, como cambuci e frutos da palmeira-juçara, servidas no fogão à lenha.
 
Planejado para que seu uso seja de baixo impacto ao meio ambiente, o camping tem capacidade para até 20 pessoas e é dividido em oito módulos, que são espaços predeterminados para a montagem das barracas e separados entre si. Além disso, conta com local para banho quente e área para preparo de refeições em um fogão à lenha. 
 
“A ideia é que a área se torne uma experiência de imersão e de sensibilização, seja pela experiência significativa com a floresta, por estar acampando no meio a natureza, seja pela possibilidade de repensar sobre nossos impactos nos ambientes”, afirma Michele Martins, analista de sustentabilidade do Ecofuturo.
 
O espaço possui um tratamento de esgoto ecológico com dois modelos diferentes: a fossa de bananeira, também conhecida como Ecofossa, e o banheiro seco, que cumpre todas as funções de um sanitário convencional sem utilizar água em seu sistema. No primeiro sistema, as bactérias transformam a matéria orgânica em nutrientes para o solo e a água retorna ao ambiente em forma de vapor - processo que leva o nome de evapotranspiração. No segundo, são utilizadas serragens para acelerar a decomposição.
No banho, as duchas são adaptadas para evitar desperdício e o tratamento da água é realizado por um sistema que possui um lago com plantas aquáticas e peixes, responsáveis por realizar a filtragem de uma forma natural. Por isso, é orientado que os visitantes utilizem produtos biodegradáveis.
 
Todas as atividades devem ser agendadas com antecedência pelo telefone (11) 4724-0555 ou pelo e-mail [email protected].
 
SAIBA MAIS - Organização sem fins lucrativos, fundada em 1999 e mantida pela Suzano, o Instituto Ecofuturo contribui para transformar a sociedade por meio da conservação ambiental e promoção do conhecimento. Entre as principais iniciativas está a gestão do Parque das Neblinas, onde são desenvolvidas atividades de educação ambiental, pesquisa científica, ecoturismo, manejo e restauração florestal, e participação comunitária.
Mais informações em ecofuturo.org.brfacebook.com/InstitutoEcofuturoyoutube.com/institutoecofuturo e instagram.com/ecofuturo
 
Reconhecido pelo Programa Homem e Biosfera da UNESCO como Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, o Parque das Neblinas é uma reserva ambiental da Suzano, gerida pelo Ecofuturo, com 7 mil hectares. No local, são desenvolvidas atividades de ecoturismo, pesquisa científica, educação ambiental, manejo e restauração florestal e participação comunitária.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »