25/02/2021 às 13h14min - Atualizada em 25/02/2021 às 13h14min

Três atletas de Poços sobem ao pódio na Copa América de Downhill

FONTE E FOTOS: Secretaria Municipal de Comunicação Social da Prefeitura de Poços de Caldas
Prefeito Sérgio Azevedo e o vice Julio com os atletas Guilherme, Renato e kaique
A Copa América de Downhill, realizada no último domingo (21), em São Roque/SP, foi transmitida ao vivo pela Rede Globo e três atletas de Poços subiram ao pódio. A prova nem mesmo era especialidade deles, que são atletas da categoria BMX. O atleta olímpico Renato Rezende ficou em 2º lugar; em 3º lugar, Kaique Milani; e na 4ª colocação, Guilherme Ribeiro. “A gente é do BMX e lá era downhill, andamos com uma bike com aro 20, e corremos com uma de aro 29, com marcha, câmbio e suspensão, muda totalmente. Conseguimos fazer a adaptação em duas semanas”, explicou Guilherme. O atleta Kaique também disse que a competição os desafiou. “Não é a nossa modalidade e formos os três juntos para o pódio. Foi muito bom. É muito bom competir, ter objetivos”.
Os atletas desceram uma pista de 600 metros, com 12 curvas, 20 obstáculos e colocaram o nome de Poços, mais uma vez, no cenário nacional. O presidente do BMX Poços Clube, Adriel Corrêa, conta que foi emocionante ver o trio na final. “Assistimos pela TV, uma competição que eles não estão habituados, representaram a força do ciclismo de Poços para todo o Brasil”.
 
SEMEANDO NOVOS FRUTOS -  Na quarta, 24, os atletas foram homenageados pelo prefeito Sérgio Azevedo. No encontro foi retomada a conversa para que Poços tenha uma pista com padrões nacionais e internacionais, e assim, consiga atrair provas como esta que eles participaram. “A gente já vem conversando há algum tempo, estamos achando uma outra área que vamos visitar para que possamos avançar neste projeto. Temos aqui os melhores atletas do Brasil na categoria BMX, e se juntarmos essa projeção do esporte com o turismo e projetos sociais, Poços só tem a ganhar”, declarou Sérgio Azevedo.  
O maior representante da cidade, o atleta olímpico Renato Rezende, que lidera a classificação para as Olimpíadas de Tóquio neste ano, diz que este projeto da pista vai semear novos frutos. “Já faz um tempo que eu preciso sair de Poços para treinar. Poços é uma fábrica de talentos e se a gente conseguir uma pista com padrão internacional, com certeza, teremos outros atletas olímpicos. Eu estou chegando ao fim da minha carreira, não sei se vou conseguir competir outra Olimpíada, mas treinando aqui, acredito que dá para competir mais alguns anos”, brincou.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp