28/06/2022 às 16h00min - Atualizada em 28/06/2022 às 16h00min

"Junho Laranja" reforça a conscientização e prevenção a queimaduras

FONTE E FOTO: Alice Dionisio - Comunicação e Marketing Unimed Poços de Caldas
Se a queimadura atingir 10% do corpo de uma criança, ela corre sério risco. Já em adultos, o risco existe se a área atingida for superior a 15%
c 
Nunca se deve colocar manteiga, pó de café, creme dental ou qualquer outra substância sobre a área queimada
 
No Brasil, anualmente são registrados em média 150 mil internações para casos de queimaduras. Segundo o Ministério da Saúde, quase um terço são crianças. Para alertar sobre os riscos e informar sobre como prevenir esses acidentes, a Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ) lançou a campanha “Junho Laranja”.
A coordenadora do pronto atendimento da Unimed Poços explica que, dependendo da gravidade, o tratamento pode variar. “Queimadura é toda lesão provocada pelo contato direto com alguma fonte de calor ou frio, produtos químicos, corrente elétrica, radiação, ou mesmo alguns animais e plantas (como larvas, água-viva, urtiga), entre outros. Se a queimadura atingir 10% do corpo de uma criança, ela corre sério risco. Já em adultos, o risco existe se a área atingida for superior a 15%”, afirma Lucélia Pereira Morais.
 
O QUE FAZER EM CASOS DE QUEIMADURAS?
Coloque o local queimado sob água corrente de temperatura ambiente durante 20 minutos para romper o processo de queimadura da pele, aliviar a dor e limpar a ferida. Em seguida, envolva a área com um pano limpo e procure atendimento médico imediatamente.
Remédios caseiros são sempre um perigo. Principalmente quando não se conhece o tamanho da lesão. Portanto, algumas atitudes devem ser evitadas. “Nunca se deve colocar manteiga, pó de café, creme dental ou qualquer outra substância sobre a área queimada. Somente o médico pode orientar sobre o que deve ser aplicado no local. É importante também jamais tocar a queimadura com as mãos, furar bolhas ou tentar descolar/retirar tecidos grudados e corpos estranhos”, orienta Lucélia.
 
DICAS DE PREVENÇÃO:
O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais orienta a se prevenir contra acidentes:
. Nunca deixe o ferro ligado com o fio desenrolado;
. Desligue o ferro elétrico quando tiver que se afastar do local, por qualquer motivo;
. Nunca permita que crianças mexam com álcool e outros produtos inflamáveis ou perigosos;
. Jamais deixe as panelas com os cabos virados para fora do fogão;
. Quando sentir cheiro de gás, não acenda as luzes e nem risque fósforos, abra portas e janelas imediatamente;
. Ao sair de casa, nunca deixe panela no fogo ou forno aceso;
. Não acenda lareira ou churrasqueira usando álcool líquido. Prefira o álcool em gel.
. Casos de emergência ou que necessitem de ajuda profissional para o controle de incêndios devem ser comunicados ao Corpo de Bombeiros pelo 193.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp