07/06/2022 às 17h02min - Atualizada em 07/06/2022 às 17h02min

Via Liberdade: Minas e Sebrae firmam acordo para fortalecer turismo e capacitar empreendedores

FONTE: GOVERNO DE MINAS - SEC. GERAL - Sup. Central de Imprensa - FOTO: Marco Evangelista / Imprensa MG
c 
Parceria prevê geração de empregos, promoção de produtos turísticos e aumento do fluxo de visitantes nos municípios localizados na maior rota turística e cultural da América Latina
 
O Governo de Minas firmou, nesta terça-feira (7/6), acordo de cooperação com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MG) para fortalecer as ações de fortalecimento ao turismo no estado, com foco no território delimitado pelo programa Via Liberdade, a maior rota turística e cultural da América Latina. O percurso, que abrange 1.179 quilômetros da BR-040, interliga belezas, história, cultura e arte de Minas, Rio de Janeiro, Goiás e Distrito Federal.
O governador Romeu Zema assinou o acordo que dá início à parceria entre o Sebrae e a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult). Com isso, o órgão vai promover a capacitação de empreendedores localizados ao longo do Via Liberdade, além de auxiliar com ações de marketing e apoiar a estruturação de destinos turísticos.
 
O acordo deve gerar empregos, promover produtos turísticos e aumentar o fluxo de visitantes nas cidades. Vão ser contempladas pelo acordo as 71 empresas habilitadas no Programa Minas Recebe, que abrange 207 roteiros no Portal Minas Gerais e 101 roteiros do Via Liberdade.
 
O governador celebrou o que considera um passo importante para ajudar a reerguer o setor de turismo, bastante afetado pela pandemia. "Fico satisfeito por estar aqui assistindo o reerguimento de um setor que foi um dos mais atingidos ao longo destes 27 meses de pandemia. Isso inclui o turismo, eventos, hotelaria, transporte, etc. E vale ressaltar que, hoje, os números estão melhores do que no período pré-pandemia. É uma satisfação grande ver que nosso estado, apesar de não ter praia, ter atrações de sobra, montanhas, lagos, cidades históricas, gastronomia, parques naturais e, o melhor, um povo acolhedor”, afirmou. 
 
MÃO DE OBRA - Zema também destacou as ações do Estado para auxiliar as cidades que estão inseridas no Via Liberdade com mão de obra qualificada. “Temos no Via Liberdade um grande potencial com esse trabalho do Sebrae de profissionalização das cidades, aliado ao Trilhas do Futuro, programa na área da educação que está formando mais de 115 mil jovens e adultos em todos os setores, incluindo gastronomia, turismo e hotelaria”, acrescentou.
O diretor de Operações do Sebrae-MG, Marden Márcio Magalhães, explicou a atuação do órgão na parceria. “Nossa proposta se divide em três grandes iniciativas. A primeira, que é capacitar, qualificar os gestores, meios de hospedagem, etc., dando condições para que possam receber as pessoas com toda essa mineiridade necessária. Em paralelo a isso, junto ao poder público, vamos construir planos de turismo para que tenhamos uma política que incentive o desenvolvimento em cada território. E, por fim, fomento e incentivo à promoção do turismo mineiro”, disse.
 
VIA LIBERDADE - O programa Via Liberdade foi lançado em abril para impulsionar o turismo nas cidades no entorno da BR-040, ligando 309 municípios nos três estados e Distrito Federal. São 188 cidades mineiras dentro do trajeto.
O secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, ressaltou os benefícios do projeto para Minas e para o país. “O Via Liberdade é essa importante rota turística que tem mais de 70% do patrimônio histórico tombado, que liga o mar à capital Brasília, e que tem o contexto da independência, que inclui o Dia do Fico, a liberdade de Minas e o apogeu de Brasília em uma única rota turística. Além disso, são milhares de cachoeiras, 25 parques e nove patrimônios culturais da humanidade. É a maior rota turística do país”.
 
TURISMO NA RMBH - Ainda no evento, a Secult assinou Protocolo de Intenções com a Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte para estabelecer uma cooperação institucional para o fortalecimento do turismo na Região Metropolitana de BH e entorno, promovendo trocas de experiências e trabalhos de interesse mútuo. O acordo contribuirá na implementação de projetos do Reviva Turismo e do RMBH Desenvolve e irá fomentar as discussões para a integração da atividade turística no planejamento metropolitano e municipal. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp