03/06/2022 às 15h23min - Atualizada em 03/06/2022 às 15h23min

GAAPO realiza evento no Cacon para fechar Mês das Mães

FONTE E FOTO: Rafael Santos - Assessoria de Imprensa da Santa Casa
As pacientes do cacon tiveram uma manhã de beleza para fechar com chave de ouro o Mês das Mães
c
Após realizar diversas ações no mês de maio, na última terça, 31, a turma do Grupo de Apoio ao Paciente Oncológico (GAAPO), em parceria com o Curso de Estética e Cosmética da Unifenas, ofereceu uma manhã de beleza para as pacientes do Cacon para encerrar o Mês das Mães.  
A ação foi uma verdadeira terapia para as pacientes, que puderam desfrutar de limpeza de pele, hidratação, massagem nas mãos, além de receber um mimo de presente.  “Durante todo o mês de maio nós temos feito algumas ações para comemorar o Mês das Mães. Hoje tivemos a parceria da Unifenas, oferecendo a elas uma limpeza de pele, hidratação e massagem nas mãos. Trouxemos também uma lembrancinha que o GAAPO sempre prepara para os pacientes aqui do Cacon”, relata a voluntária Norma Beatriz Boarini.
 
A professora do curso de Estética e Cosmética da Unifenas, Paula Kariluce de Carvalho Mabelini, destaca que para eles é uma alegria muito grande poder contribuir com essa iniciativa. “Nós acreditamos que esse ato de cuidar eleva a autoestima da mulher. Já é comprovado cientificamente que a autoestima elevada aumenta os níveis de hormônios do bem-estar, melhorando a qualidade de vida e fortalecendo o sistema imunológico do paciente, ainda mais o paciente oncológico, que precisa tanto de reforçar a imunidade, e poder ajudá-los para nós é motivo de muita alegria”, declara a professora. 
 
A Dra. Camila de Lelis Ribeiro Lima é médica e veio para Poços de Caldas há 2 anos. Ela acabou conhecendo a professora Paula, que apresentou o curso de Estética e Cosmética. A médica ficou encantada com a Unifenas e acabou partindo para sua 2ª graduação.
“A estética mexe muito com o psicológico das pessoas que nesse momento de doença está bem abalado. Eu acredito que as doenças começam na mente. Nós temos um lugar no cérebro que se chama sistema límbico e ali está próximo a ligação com o timo, que faz as nossas células de defesas linfócitos, então, a imunidade e o emocional têm tudo e ver com esse sistema límbico, e o desequilíbrio no emocional pode afetar sim a imunidade, isso já está comprovado na literatura médica”, conta a médica, que agora é aluna do curso de Estética e Cosmética da Unifenas. 


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp