03/06/2022 às 15h12min - Atualizada em 03/06/2022 às 15h12min

Medalha de prata para Minas Gerais

FONTE E FOTO: Assessoria de Comunicação - Faemg - imprensa@faemg.org.br
C 
Minas Gerais é o 2º maior estado do Brasil na criação de agtechs - startups com soluções para o agronegócio, com 143 registros. Segundo dados do Radar Agtech Brasil, a maioria das soluções mapeadas pela pesquisa oferece inovação para dentro da porteira, com destaque para sistemas de gestão da propriedade. Em 3º lugar está o Rio Grande do Sul (124) e, na 1ª posição, São Paulo (757).
O Sistema FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais), importante agente de fomento à inovação, apoia o desenvolvimento de novos negócios rurais há cinco anos, por meio do Programa NovoAgro 4.0 e, há dois anos, lançou a NovoAgro Ventures, em parceria com a FCJ. Além disso, há um ano, trabalha em parceria com o Governo do Estado de Minas Gerais, com o programa HUB MG.
 
“De uma forma bem inovadora, começamos a pesquisar as principais dores enfrentadas pelo setor produtivo e, com o passar do tempo, estabelecemos conexões com o mercado. Assim, nos tornamos um agente que atua próximo a tudo que vem sendo criado e conectamos tudo isso aos produtores rurais. Só por meio dessas conexões poderemos continuar nesse processo de transformação da realidade do campo e trazer grandes negócios para Minas Gerais”, disse Silvana Novais, superintendente do INAES (Instituto Antonio Ernesto de Salvo).
 
“Um dos desafios de inovar com o agro é conseguir chegar aos produtores para falar de tecnologia e inovação e, sem o apoio de entidades como o Sistema FAEMG, seria impossível chegar até eles. Essa missão do Sistema FAEMG é fundamental para melhorar a produtividade e a qualidade de vida das famílias rurais, além de valorizar as agtechs”, afirmou Mauro Júnior, fundador e CEO da startup Certificafé.
 
“Utilizo o serviço da Certificafé para economizar tempo e ganhar segurança no registro das atividades na propriedade. Essa solução ajuda o produtor na gestão, digitalizando os registros de custo, mão de obra, insumos e aplicação de produtos. Com a inovação, melhorei a minha qualidade de vida no campo e a forma com que produzo”, relatou Flanio Alves da Silva, produtor de café em Manhuaçu.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp